31 de ago. de 2020

octavio ianni tradutor


 um achado interessante: octavio ianni, por volta de seus 22 anos, como tradutor de uma aventura no méxico, de thomas mayne reid, volume 78 da coleção terramarear da cia. editora nacional.


jack london

alguma hora finalizo o levantamento das obras de jack london traduzidas no brasil.

registro aqui três menções de englekirk que não constavam nas postagens anteriores dedicada a JL:

Cruise of the "Dazzler" (Century, 1902): A expedição do pirata. Nacional, s. d. (1931 ?)

Little lady of the big house (Macmillan, 1916): A mulher da casa grande. Nacional, s. d. (1931 ?)

Scarlet plague (Macmillan, 1915): A peste vermelha. Nacional, s. d. (1932 ?)


22 de ago. de 2020

rachel de queiroz tradutora


reproduzo abaixo a relação de traduções feitas por rachel de queiroz, conforme constam no ditra (disponível aqui):

Agnon, Shmuel Yoseph. Noivado e outros contos. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: Ópera Mundi, 1973. (The Bridal Canopy). Contos. [1966 - db]

Auclair, Marcelle. Viva jovem! [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: Agir, 1973. (Vers une vieillesse heureuse). Romance. [1970 - db]

Austen, Jane. Mansfield Park. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1942. (Mansfield Park). Romance.

Balzac, Honoré de. A mulher de trinta anos. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1948. (La femme de trente ans). Romance.

Bard, Mary. O doutor meu marido: Confissão da esposa de um médico. [Por: Maria Luiza de Queiroz & Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1952. (The doctor wears three faces). Romance.

Baum, Vicki. Helena Wilfuer. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1944. (Stud. chem. Helene Willfüer). Romance. Tradução indireta do alemão. Língua intermediária: inglês.

Bellamann, Henry. A intrusa. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1945. Romance.

Bottone, Phyllis. Tempestade d'alma. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1943. (The Mortal Storm). Romance.

Brontë, Emily. O morro dos ventos uivantes. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1947. (Wuthering Heights). Romance.

Bruyère, André. Os Robinsons da montanha. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1948. (Les Robinsons de la montagne). Literatura infantojuvenil.

Buck, Pearl. A exilada: retrato de uma mãe americana. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1943. (The exile). Biografia.

Buck, Pearl. A promessa. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1946. (The Promise). Romance.

Butler, Samuel. Destino da carne. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1942. (The Way of All Flesh). Romance.

Chaplin, Charles. Minha vida. [Por: Rachel de Queiroz, R. Magalhães Júnior & Genolino Amado]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1965. (My Autobiography). Biografia.

Christie, Agatha. A mulher diabólica. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1971. (At BertramIs Hotel). Romance Policial.

Cronin, A. J. A família Brodie. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1940. (Hatter's Castle). Romance. Tradução rebatizada O Castelo do homem sem alma: (A família Brodie) em reedições posteriores.

Cronin, A. J. Anos de ternura. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1947. (The Green Years). Romance.

Cronin, A. J. Os gerânios tornam a florir. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1948. (Adventures of a Black Bag). Romance. Tradução rebatizada Aventuras da maleta negra (Os gerânios tornam a florir) em reedições posteriores.

Cronin, A. J. Os deuses riem. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1952. (Jupiter Laughs). Teatro.

Donal, Mario (Marie Chambom). O quarto misterioso e Congresso de bonecas. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1947.

Dostoiévski, Fiódor. Humilhados e ofendidos. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1944. (Unizhennye i oskorblyonye). Romance. Tradução indireta do russo. Língua intermediária: francês.

Dostoiévski, Fiódor. Os demônios. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1951. (Bésy). Romance. Tradução indireta do russo. Língua intermediária: francês.

Dostoiévski, Fiódor. Os irmãos Karamazov. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1952. (Bratya Karamazovy). Romance. 3 volumes. Tradução indireta do russo. Língua intermediária: francês.

Dostoiévski, Fiódor. Recordações da casa dos mortos. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1945. (Zapiski iz Myortvovo doma). Romance. Tradução indireta do russo. Língua intermediária: francês.

Du Maurier, Daphne. O roteiro das gaivotas. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1943. (Frenchman’s Creek). Romance.

Dumas, Alexandre. Memória de Alexandre Dumas, pai. [Por: Rachel de Queiroz] Rio de Janeiro: José Olympio, 1947. (Mémoires de Alexandre Dumas, Pére). Memórias.

Fremantle, Anne. Idade da fé. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1970. (Great Ages of Faith). Romance. Biblioteca de História Universal Life

Galsworthy, John. A crônica dos Forsyte. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1946. (The Forsyte Saga). Romance. 3 volumes. Coleção Fogos Cruzados

Gaskell, Elizabeth. Cranford. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1946. (Cranford). Romance.

Gauthier, Théophile. O romance da múmia. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: Ed. de Ouro, 1972. (Le pied de momie). Romance. [adaptação]

Heidnstam, Verner Von. Os carolinos: crônica de Carlos XII. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: Delta, 1966. (Karolinerna – The Charles Men). Crônicas. Tradução indireta do sueco. Língua intermediária: inglês.

Hilton, James. Fúria no Céu. [Por: Rachel de Queiroz; Cícero Franklin de Lima]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1943. (Rage in Heaven). Romance.

Jesus, Santa Teresa de. Vida de Santa Teresa de Jesus: escrita por ela própria. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio,1946. (La vida de la Santa Madre Teresa de Jesus). Memórias.

La Contrie, M. D'Agon de. Aventuras de Carlota. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1947. (Pauvre Charlotte). Romance.

Loisel, Yves. A casa dos cravos brancos. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1947. (La maison d’ceillets blancs). Romance.

London, Jack. O lobo do mar. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: Edições de Ouro, 1972. (The Sea-Wolf). Literatura infantojuvenil.

Mauriac, François. O deserto do amor. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: Delta, 1966. (Le désert de l’amour). Romance.

Maurois, André. Eduardo VII e o seu tempo. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: Guanabara, 1935. (Édouard VII et son temps). Biografia.

Merrel, Concordia. Coração Indeciso. [Por: Rachel de Queiroz; Cícero Franklin de Lima]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1943. (Hearth’s Journey). Romance.

Prouty, Olive. Stella Dallas. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1945. (Stella Dallas). Romance. (Stella Dallas). Romance.

Remarque, Erich Maria. Náufragos ("E assim acaba a noite"). [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1942. (Liebe deinen Nächsten). Tradução indireta do inglês (Flotsam). Língua de origem: alemão.

Rosaire, Forrest. Os dois amores de Grey Manning. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1948. (East of midnight). Romance.

Rosmer, Jean (Jeanne Louise Marie Ichard). A afilhada do imperador. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1950. Romance.

Sailly, Suzanne. A deusa da tribo. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1950. (La Petite Mère Michel). Romance.

Stone, Irving. Mulher imortal. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1947. (Immortal Wife). Romance.

Tolstoi, Leon. Memórias (infância, adolescência, juventude). [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1944. Biografia. Tradução indireta. Língua de origem: russo.

Verdat, Germaine. A conquista da torre misteriosa. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1948. (A la conquête du mystérieux Donjon). Literatura infantojuvenil.

Verne, Júlio. Miguel Strogoff. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: Edições de Ouro, 1972. (Michel Strogoff). Romance.

Wharton, Edith. Eu soube amar: (a solteirona). [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1940. (The Old Maidthe fifties). Romance.

Willems, Raphaelle. A predileta. [Por: Rachel de Queiroz]. Rio de Janeiro: José Olympio, 1950. (La Préférée). Romance. 


Incluam-se: 

"Markheim", de Robert Louis Stevenson, publicado na coletânea Os ingleses: antigos e modernos, pela editora Leitura, em 1944 (org. Rubem Braga)

“O coração de Olenka”. In: Os russos: antigos e modernos. Coleção Contos do Mundo. Rio de Janeiro: Leitura, 1944


21 de ago. de 2020

cecília meirelles tradutora

 


as mil e uma noites, 3 vols., pela annuario do brasil, s/d [c.1928], a partir da tradução francesa de mardrus.

os mitos hitleristas, de françois perroux, pela companhia editora nacional, 1937.

um hino de natal, de charles dickens, seleções do reader's digest, 1940, 1947 [trad. e adapt.].

a vida e a morte do porta-estandarte cristóvão rilke, 1947, r.a. [revista acadêmica], a partir da tradução francesa de suzanne kra, 350 exemplares. reed globo, 1953, contendo também cartas a um jovem poeta, em tradução de paulo rónai.

orlando, de virginia woolf, pela globo, 1948.

os caminhos de deus, de kathryn hulme, seleções do reader's digest, 1958 [trad. e adapt.].

bodas de sangue, de federico garcia lorca, pela agir, 1960.

amado e glorioso médico, de taylor caldwell, seleções do reader's digest, 1960 [trad. e adapt.].

sete poemas de puravi, mdinha bela vizinha, conto, mashi e o carteiro do rei, de rabindranath tagore, MEC, 1961 (edição comemorativa do centenário de nascimento de tagore).

poesia de israel, civilização brasileira, 1962 (ilustrações de portinari).

çaturanga, de rabindranath tagore, pela delta, coleção prêmios nobel de literatura, 1962.

yerma, de federico garcia lorca, pela agir, 1963.

poesia e prosa de israel, pelo departamento cultural da embaixada de israel, 1968 (edição póstuma).

seção "poesia de israel" e o conto "latira" na seção "prosa de israel", in antologia da literatura hebraica moderna, pela biblos, 1969 (edição póstuma).

poemas chineses, de li po e tu fu, nova fronteira, 1996 (edição póstuma).


19 de ago. de 2020

de sophia, a person of quality, a nísia floresta

um caso muito  bizarro é a publicação da obra "direitos das mulheres e injustiça dos homens", de mary wollstonecraft, com seu sobrenome de casada ("mrs. godwin"), em tradução de nísia floresta, 1832.

essa é uma novela! mas, resumindo bem resumido, a nísia achou que estava traduzindo a wollstonecraft - só que não.
nísia traduziu a obra a partir da tradução francesa "Les droits des femmes et l'injustice des hommes", que fora lançada em 1826. mas o danado do tradutor francês - césar gardeton - simplesmente tinha copiado (ou reeditado por engano, cof cof) outra tradução de outra obra!
essa outra tradução francesa era "la femme n'est pas inférieure à l'homme", publicada em 1750, vertendo um livro chamado "woman not inferior to man", de uma misteriosa "sophia, a person of quality", lançado na inglaterra em 1739.
aí é uma confusão: ninguém sabe direito quem era aquela tal sophia, a person of quality - a suposição mais frequente é que se tratava da lady mary wortley montagu - que, por sua vez, já se inspirara amplamente em outra obra, "de l'égalité des deux sèxes", de poulain de la barre (1673). mas que seja. o fato é que "woman not inferior to man" então foi traduzido, e lá ficou.
em 1790, wollstonecroft publica sua vindication, e em 1826 o tal gardeton publica em nome dela (ou melhor, como mistress godwin, aliás grafado erroneamente como "mistriss" e assim mantido na edição brasileira) e como tradução sua o livro da sophia que saíra em francês 76 anos antes.
a nísia viu aquele exemplar francês, gostou, traduziu e publicou. passaram-se quase dois séculos até se descobrir que, no final das contas, que wollstonecraft que nada!
nos últimos 25-30 anos, sobretudo a partir dos estudos da pallares-burke (e vários outros em sua esteira), surgiu o mais amplo leque de interpretações, algumas até meio escalafobéticas, sobre as razões que teriam levado nísia a isso, até que uma dupla de estudiosas - botting e matthews - acabou apontando, em 2014, o "lapso" do tradutor francês césar gardeton.
nísia apenas caíra como patinho - e não só ela, provavelmente algumas centenas de milhares de outras pessoas - na falsa atribuição de autoria da obra e da tradução!
quem quiser conferir a veracidade- e a envergadura - dessa descoberta de botting e matthews, basta comparar o texto da sophia no original (aqui no link em sua terceira edição, de 1743), na tradução anônima francesa de 1750, na pretensa tradução de gardeton de 1826 e na tradução da nísia de 1832:

em tempo: a tradução francesa anônima do livro da sophia, a person of quality, é usualmente atribuída ao casal philippe-florent e madeleine de puisieux.






7 de ago. de 2020

colecção miniatura

bibliographias: Selma Lagerlöf — O Livro das Lendas

um mimo encontrado pelo sérgio karam: a colecção miniatura, pela livros do brasil de portugal, com créditos completos e respectiva iconografia, disponível em https://coleccaominiatura.blogspot.com/

reproduzo o índice das obras: 

Índice 
nº 1 - O Livro das Lendas 
nº 2 - O Véu Pintado 
nº 3 - Ratos e Homens 
nº 4 - Horizonte Perdido 
nº 5 - Um Casamento em Florença 
nº 6 - O Terceiro Homem 
nº 7 - Loucuras do Poeta 
nº 8 - Felicidade 
nº 9 - A Lenda de Madala Grey 
nº 10 - Adeus, Mr. Chips 
nº 11 - Férias de Natal 
nº 12 - Vento Sobre as Searas 
nº 13 - Cidade dos Estranhos 
nº 14 - As Cabeças Cortadas 
nº 15 - A História do Juíz 
nº 16 - Não Estamos Sós 
nº 17 - Diário de Uma Exilada Russa 
nº 18 - O Perfume das Ilhas Encantadas 
nº 19 - O Céu é o Meu Destino 
nº 20 - Maquiavel e a Dama 
nº 21 - Escola de Mulheres 
nº 22 - E Agora, Adeus 
nº 23 - O Alvorecer 
nº 24 - Histórias dos Mares do Sul 
nº 25 - A Manhã 
nº 26 - Duas ou Três Graças 
nº 27 - O Adolescente 
nº 28 - Appassionata 
nº 29 - A Revolta 
nº 30 - O Agente Britânico 
nº 31 - A Feira 
nº 32 - Também o Cisne Morre 
nº 33 - Antoinette 
nº 34 - Episódio em Palmetto 
nº 35 - O Irmão 
nº 36 - O Potro Vermelho 
nº 37 - As Amigas 
nº 38 - Mrs. Dalloway 
nº 39 - Sarça Ardente 
nº 40 - O Novo Dia 
nº 41 - O Velho e o Mar 
nº 42 - O Homem que Via Passar os Comboios 
nº 43 - A Velha Casa Sombria 
nº 44 - A Porta Estreita 
nº 45 - Tradição 
nº 46 - As Neves de Kilimandjaro 
nº 47 - Uma Negrinha à Procura de Deus 
nº 48 - O Estrangeiro 
nº 49 - Um Gosto e Seis Vinténs 
nº 50 - O Lobo e o Cordeiro

são todas elas traduções brasileiras, em sua maioria publicadas pela editora globo, e licenciadas para a livros do brasil, de lisboa.

1 de ago. de 2020

gogobrazil

ao que parece, o excelente site de peter o'neill, que citei em várias ocasiões aqui no blog, está desativado. seu ótimo levantamento sobre a literatura irlandesa traduzida no brasil, desde 1888 a 2012, pode ser baixado em https://dokumen.tips/download/link/irish-literature-in-brazil-since-1888 .