22 de jul. de 2019

preciosidade

em "kafka no abrasil: 1946-1979", disponível aqui, mencionei o conto "cruza" entre os primeiros textos de kafka publicados no brasil, publicado na revista goiana agora, em seu primeiro número (agosto de 1946).

eis que, pela extrema gentileza de mário zeidler filho, temos agora as imagens:




12 de jul. de 2019

isso mesmo

bons conselhos de w. focchetto jr., aqui.

"Depois de algum tempo (levei coisa de dois, três anos), você passa a saber, por experiência, que algumas editoras possuem traduções de ampla aceitação (universidades públicas optam por elas); não cito nenhuma delas agora porque não estou sendo pago para isso (risos). Cheguei a essa conclusão após muito ter lido artigos de Denise Bottmann em seu Blog "Não Gosto de Plágio". "Tradução é prótese", nos diz Umberto Eco (2010:39) em seu "Como Se Faz Uma Tese". Tá certo. Mas convenhamos: se o original é grego, alemão, russo ou qualquer idioma não tão acessível assim, deixamos de estudar determinada obra*? Não. Claro que não. Apenas nos apoiaremos em traduções de editoras confiáveis, ok?"


6 de jul. de 2019

tcc

que simpático!

Bárbara Vieira
; "Plágio e tradução: o trabalho filológico e tradutológico de Denise Bottmann no blog "não gosto de plágio"; ; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Abi - Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Constantino Luz de Medeiros.