7 de jan de 2012

bibliografia brasileira sobre tradução

existe no brasil vastíssima produção bibliográfica, nacional e traduzida, sobre aspectos teóricos, práticos, técnicos, historiográficos sobre tradução. começo aqui um levantamento despretensioso, que pode trazer alguma contribuição aos interessados. milhares de artigos não estão aqui citados, porque se encontram publicados em revistas especializadas, especificadas abaixo. a cor em destaque indica o link para a obra disponível para consulta online e download, bastando clicar ali para ter o acesso.



REVISTAS ESPECIALIZADAS
Aletria, PosLit/UFMG, v. 22, n. 1, jan-abr. 2012 (número temático: "O cânone da literatura traduzida no Brasil")
Belas Infiéis, PosTrad/UnB (2012-)
Cadernos de Literatura em Tradução, CITRAT/USP (2000-)
Cadernos de Tradução, UFRGS (1998-)
Cadernos de Tradução, PGET/UFSC (1996-)
Cerrados, UNB (alguns números trazem artigos sobre tradução) (1992-)
Estudos Avançados, "Dossiê Tradução Literária " (ano 26, vol. 76), USP, 2012
Graphos (11, número temático: "Dossiê Cultura e Tradução: abordagens e perspectivas teórico-críticas"), UFPB, 2010.
In-Traduções, PGET/UFSC(2009-)
Ipotesi (13, número temático: "O Brasil e seus tradutores"). UFJF, 2009.
Letras (8, número temático: Tradução), UFSM
Letras (artigos avulsos sobre tradução entre 1966 e 2010), UFPR
PROFT em Revista (2011-)
Rascunho, seção Translato, Eduardo Ferreira (2010-) (de 2004 a 2009, aqui)
Remate de Males (v. 4, número temático: "Território da tradução"). UNICAMP, 1984.
Revista Brasileira de Literatura Comparada (19, número temático: "Poesia e tradução: relações em questão"), ABRALIC, 2011.
Revista de Letras (49, número temático sobre "Tradução"). UNESP, 2009.
Revista Horizontes de Linguística Aplicada (8, número temático: "Tradução no ensino de línguas). UnB, 2009.
Scientia Traductionis, PGET/UFSC (2005-)
Tradução em Revista, PUC-Rio (2004-)
Traduzires, UnB (2012-)
Translatio, UFRGS (2011-)

ANAIS
Primeiro Encontro Nacional de Tradutores. PUC-Rio, 1975.
Anais do II Encontro Nacional de Tradutores. PUC-Rio, 1985.
Anais do 3o. Encontro Nacional de Tradutores. UFRGS, 1989.
Anais do V Encontro Nacional de Tradutores, org. John Milton, Mário Laranjeira e Francis Henrik Aubert. Humanitas Publicações, 1996.
Anais do VI Encontro Nacional de Tradutores, org. John Milton e Francis Henrik Aubert, Integração via tradução. UFC/Humanitas, 1998.
Anais do VII Encontro Nacional de Tradutores/ I Encontro Internacional de Tradutores. CITRAT/ ABRAPT/ USP
Anais do Simpósio Profissão Tradutor 2010PROFT em Revista, 2011.

GUIAS E MATERIAIS PRÁTICOS DE TRADUÇÃO
Agenor Soares dos Santos, Guia prático de tradução inglesa. Cultrix, 1981
Augusto Rainha, A tradução e a versão francesas. Francisco Alves, 1957.
BTS, Glossários.
Isa Mara Lando, Mini VocabuLando: 500 palavras úteis para leitura e tradução em inglês. Disal, 2009.
Isa Mara Lando, VocabuLando: Dicionário prático inglês-português. Disal, 2006.
José Lodeiro, Tradução dos textos latinos. Globo, 1968.
José Carlos Moreira Alves, Os problemas da tradução do latim do direito para o português. Edifieo, 2001.
Lourenço Torres da Silva, Método moderno para a tradução do latim. Labor omnia vincit, 1954.
Maria Genny Caturegli, Gastronomia de A a Z. Aleph, 2011.
Mario Mascherpe e Laura Zamarin, Os falsos cognatos na tradução do inglês para o português. Bertrand Brasil, 2002.
Myrian Thalita Lins, Guia prático de tradução: técnicas de tradução aplicadas ao livro evangélico. Betânia, 2004.
Paulo Rónai, Guia prático da tradução francesa. Difel, 1967.
Reginaldo Francisco e Claudia Zavaglia, Parece mas não é: armadilhas da tradução do italiano para o português. Claraluz, 2008.
Roberta Malta Saldanha, Dicionário Tradutor de Gastronomia em seis línguas. Antonio Bellini Editor, 2007.
Ronaldo Alves de Oliveira, 280 erros comuns na tradução da língua inglesa. Edicta, 2002.
Sonia Fiorin Falcetta, Tradutores e traduções: guia para os usuários do Rio Grande do Sul. UFRGS, 2002.
Sonia Queiroz (org.), Glossário de termos de edição e tradução. Viva Voz, UFMG, s/d.
Tassilo Orpheu Spalding, Guia prático de tradução latina. Cultrix, 1969.
Virginia Klie, Glossário de Gastronomia Português-Inglês/Inglês-Português. Disal, 2006.
VV.AA., Glossários, CITRAT/USP

OBRAS DE TEORIA, METODOLOGIA, TÉCNICAS E PRECEITOS
Abgar Renault, Poesia: tradução e versão. Record.
Adail Sobral, Dizer o "mesmo" a outros: ensaios sobre tradução. SMS, 2008.
Adriana Pagano (org.), Metodologia de pesquisa em tradução. Série Estudos Linguísticos no. 3. UFMG, 2001.
Adriana Pagano, Fábio Alves e Cecília Magalhães, Competência em tradução: Cognição e discurso. UFMG, 2005.
Adriana Pagano, Fábio Alves e Cecília Magalhães, Traduzir com autonomia: estratégias para um tradutor em formação. Contexto, 2000.
Ana de Alencar, Izabela Leal e Caio Meira (orgs.), Tradução literária: a vertigem do próximo. Azougue, 2011.
Ana Elisa Ribeiro e Carla Viana Coscarelli (orgs.), O hipertexto em tradução. Viva Voz, UFMG, 2007.
Anderson Braga Horta, Traduzir poesia. Thesaurus, 2004. 
André Lefevere, Tradução, reescrita e manipulação da fama literária. Trad. Cláudia Matos Seligmann. EDUSC, 2007.
Andréia Guerini & Maria Teresa Arrigoni (orgs.), Clássicos da teoria da tradução, v. III. UFSC, 2005. 
Andréia Guerini, Marie-Hélène Catherine Torres e Walter Carlos Costa (orgs.), Os estudos da tradução no Brasil nos séculos XX e XXI. Tubarão/Florianópolis: Copiart/ PGET/UFSC, 2013.
Antoine Berman, A prova do estrangeiro. Trad. Maria Emília Pereira Chanut. EDUSC, 2002.
Antoine Berman, A tradução e a letra, ou o albergue do longínquo. Trad. Marie-Hélène Catherine-Torres, Mauri Furlan e Andréia Guerini. 7Letras, 2007
Boris Schnaiderman, Tradução, ato desmedido. Perspectiva, 2011.
Brenno Silveira, A arte de traduzir. Melhoramentos, 1954.
Bruno Osimo, Curso de tradução. Trad. Mauro Rubens da Silva e Nadia Fossa. Philo Logos, 2004.
Claude Piron, O desafio das línguas: da má gestão ao bom senso. Trad. Ismael M. A. Ávila. Pontes, 2002.
Cláudia Borges de Faveri e Marie-Hélène Catherine Torres (orgs.), Clássicos da teoria da tradução, v. II. UFSC, 2004.
Cristina Carneiro Rodrigues, Tradução e diferença. UNESP, 2000.
Daniel da Silva Rocha e outros, A tradução da grande obra literária. Álamo, 1982.
Delton de Mattos (org.), A formação do tradutor em nível universitário. Horizonte, 1980.
Delton de Mattos (org..), Cultura e tradutologia. Thesaurus, 1983.
Delton de Mattos (org.), Estudos de tradutologia. Kontakt, 1981.
Diego Flores e Lilian DePaula (orgs.), Tradução: uma fonte para o ensino. EDUFES, 2007.
Douglas Robinson, Construindo o tradutor. Trad. Jussara Simões. EDUSC, 2002.
Edwin Gentzler, Teorias contemporâneas da tradução. Trad. Marcos Malvezzi. Madras, 2009.
Else Ribeiro P. Vieira (org.), Teorizando e contextualizando a tradução. UFMG, 1996.
Erwin Theodor, Tradução: ofício e arte. Cultrix/EDUSP, 1976.
Ewandro Magalhães Jr., Sua Majestade, o intérprete: o fascinante mundo da tradução simultânea. Parábola, 2007.
Fábio Alves (org.), Teoria da Relevância & tradução: conceituação e aplicações. UFMG, 2001.
Fábio Alves e José Luiz Gonçalves (orgs.). Relevância em tradução: perspectivas teóricas e aplicadas. UFMG, 2006.
Fábio Said, Fidus interpres: a prática da tradução profissional. Do autor, 2010.
Francis Henrik Aubert, Tipologia e procedimentos da tradução juramentada, I e II. CITRAT/USP, s/d.
Friedrich Schleiermacher, "Sobre os diferentes métodos de tradução". Trad. Margarete von Mühlen Poll. Clássicos da Tradução I, UFSC, 2001.
Friedrich Schleiermacher, "Sobre os diferentes métodos de traduzir". Trad. Celso Braida. Princípios 21, 2007.
Geir Campos, Como fazer tradução. Vozes, 1986.
Geir Campos, Tradução e ruído na comunicação teatral. Álamo, 1982
George Steiner, Depois de Babel: problemas de linguagem e tradução. Trad. Carlos Faraco. UFPR, 2005.
Georges Mounin, Os problemas teóricos da tradução. Trad. Heloísa de Lima Dantas. Cultrix, 1975.
Gérard Genette, Palimpsestos, a literatura de segunda mão; Viva Voz, UFMG, 2006.
Gustavo Bernardo Krause (org.), As margens da tradução. Caetés/FAPERJ/UERJ, 2002.
Gustavo Bernardo Krause, Anke Finger e Rainer Gudin, Villém Flusser: uma introdução. Annablume, 2008 (visualização parcial).
Haroldo de Campos, Da transcriação, poética e semiótica da operação tradutora. Viva Voz, UFMG
Heloisa Gonçalves Barbosa, Procedimentos técnicos da tradução: uma nova proposta. Pontes, 1990.
Henri Meschonnic, Poética do traduzir. Trad. Jerusa Pires Ferreira e Sueli Fenerich. Perspectiva, 2010.
Ildésio Tavares, A arte de traduzir. Fundação Casa de Jorge Amado, 1994.
J. C. Catford, Uma teoria linguística da tradução. Trad. Centro de Especialização de Tradutores de Inglês do Instituto da Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Cultrix, 1980.
Jacques Derrida, Torres de Babel. Trad. Junia Barreto. UFMG, 2002.
Jean Maillot, A tradução científica e técnica. Trad. Paulo Rónai. McGraw Hill/EdUnB, 1975.
João Azenha Jr., Tradução técnica e condicionantes culturais: primeiros passos para um estudo integrado. Humanitas,1999.
John Milton, O poder da tradução. Ars Poetica, 1993 (reed. como Tradução: teoria e prática. Martins Fontes, 1998).
José Paulo Paes, Tradução: A ponte necessária: Aspectos e problemas da arte de traduzir. Ática, 1990.
Juliana Cristina Faggion Bergmann & Maria Fernanda Araújo Lisboa. Teoria e prática da tradução. Curitiba, Ibpex, 2008.
Julio Plaza, Tradução intersemiótica. Perspectiva, 2001.
Lawrence Venuti, "A invisibilidade do tradutor". Trad. Carolina Alfaro. PaLavra 3, 1995.
Lawrence Venuti, Escândalos da tradução: por uma ética da diferença. Trad. Laureano Pelegrin, Lucinéia Marcelino Villel, Marileide Dias Esqueda, Valéria Biondo. EDUSC, 2002.
Liane Schneider e Ana Cristina M. Lúcio, Cultura e tradução. UFPB, 2010.
Luiz Costa Lima, Intervenções. EDUSP, 2002.
Luiz Angélico da Costa (org.), Limites da traduzibilidade. UFBA, 1996.
Malcolm Coulthard e Carmen Caldas-Coulthard (orgs.), Tradução: teoria e prática. UFSC, 1991.
Márcia Atalia Pietroluongo (org.), O trabalho da tradução. Contracapa, 2009.
Márcia A. P. Martins, Tradução e multidisciplinaridade. Lucerna, 1999.
Márcio Seligmann-Silva, O local da diferença: ensaios sobre memória, arte, literatura e tradução. Editora 34, 2005.
Maria Antonieta Cohen e Gláucia Muniz Proença Lara (orgs.), Linguística, tradução, discurso. UFMG.
Maria Clara V. Galery, Elzira D.Perpétua e Irene Hirsch, Tradução, vanguarda e modernismos. Paz e Terra, 2009.
Maria Cristina Batalha e Geraldo Pontes Jr., Tradução. Vozes, 2007.
Maria José Rodrigues Faria Coracini, A celebração do outro: discurso, identidade e memória. Mercado de Letras, 2007.
Maria Lúcia Jacob Barros, Oficina de tradução do francês: traduzindo notícias. Viva Voz, UFMG, 2009.
Maria Paula Frota, Singularidade na escrita tradutora. Pontes, 2000.
Marie-Hélène Catherine Torres, Walter Carlos Costa e Andréia Guerini (orgs.), Literatura e tradução: textos selecionados de José Lambert. 7Letras, 2012.
Marie-Hélène Catherine Torres, Walter Carlos Costa e Andréia Guerini (orgs.), Literatura traduzida e literatura nacional. 7Letras, 2009.
Marie-Hélène Catherine Torres. "Balanço e perspectivas da literatura francesa traduzida no Brasil de 1970 a 2006". Cerrados, 23/16. Brasília: UNB, 2007.
Marie-Hélène Paret Passos, Da crítica genética à tradução literária: uma interdisciplinaridade. Horizonte, 2011.
Mário Galvão de Queirós Filho, A significação da tradução. UFRJ, 1976.
Mário Laranjeira, Poética da tradução: do sentido à significância. EDUSP, 2003.
Marta Rosas, Tradução de humor: transcriando piadas. Lucerna, 2002.
Mauri Furlan (org.), Clássicos da teoria da tradução, v. IV. UFSC, 2006. 
Meta Elisabeth Zipser e Silvana Ayub Polchlopeck, Introdução aos estudos da tradução. UFSC, 2008.
Mírian Rose Brum-de-Paula, O outro no (in)traduzível. UFMS, 2008.
Neuza Gonçalves Travaglia, Tradução retextualização: a tradução numa perspectiva textual. EDUFU, 2003.
Newton Sabbá Guimarães, Tradução: da sua importância e dificuldade. Reflexões sobre a filosofia da tradução. Juruá, 2010.
Ofir Bergemann de Aguiar, Abordagens teóricas da tradução. UFG, 2000.
Ofir Bergemann de Aguiar (org.), Tradução: fragmentos de um diálogo. UFG, 2003.
Paul Ricoeur, Sobre a tradução. Trad. Patricia Lavelle. UFMG, 2011.
Paulo Henriques Britto, A tradução literária. Civilização Brasileira, 2012.
Paulo Ottoni (org.), Tradução manifesta: double bind e acontecimento. UNICAMP, 2005.
Paulo Ottoni (org.), Tradução: a prática da diferença. UNICAMP/FAPESP, 1998
Paulo Rónai, Pois é. Nova Fronteira, 1990.
Paulo Rónai, A tradução vivida. Educom, 1976.
Paulo Rónai, Babel & antibabel. Perspectiva, 1970.
Paulo Rónai, Escola de tradutores. Nova Fronteira, 1987.
Potiguara Mendes da Silveira Jr., A tradução: dados para uma abordagem psicanalítica. Aoutra, 1983.
Rainer Guldin, Pensar entre línguas: a teoria da tradução de Villém Flusser. Annablume, 2010.
Rosemary Arrojo, Oficina de tradução: a teoria na prática. Ática, 1986.
Rosemary Arrojo, Tradução, desconstrução e psicanálise. Imago, 1993.
Simone Gorovits, Os labirintos da tradução: A legendagem cinematográfica e a construção do imaginário. UnB, 2006.
Solange Mittmann, Notas do tradutor e processo tradutório: análise e reflexão sob uma perspectiva reflexiva. UFRGS, 2003.
Umberto Eco, Quase a mesma coisa: experiências de tradução. Trad. Eliana Aguiar. Record, 2007.
Valery Larbaud, Sob a invocação de São Jerônimo. Ensaio sobre a arte e técnicas de tradução. Trad. Joana Angélica d’Avila Melo. Mandarim, 2001.
VV.AA., A tradução: alvos e ferramentas. Comissão de Estudos de Tradução, USP, 1994.
VV.AA., Ilha do Desterro: Estudos de Tradução.UFSC, s/d.
VV.AA., O texto: leitura e tradução. Alfa, UNESP, 1992.
VV.AA., Território da tradução. Remate de Males, 1984.
Waldivia Marchiori Portinho (org.), A tradução da grande obra literária. Álamo, 1982 (Tradução & Comunicação 2, Depoimentos de Daniel da Silva Rocha, Eliane Zagury, Geir Campos, Helena Parente Cunha, Lêdo Ivo, Noel Delamare, Paulo Rónai, Roberto Lascelles Scott-Buccleuch). 
Waldivia Marchiori Portinho (org.), A tradução técnica e seus problemas. Álamo, 1983.
Werner Heidermann (org.), Clássicos da teoria da tradução, vol. I. UFSC, 2001.

HISTORIOGRAFIA E ESTUDOS DE CASO 
Alba Olmi, Metodologia crítica da tradução literária: duas versões italianas de Dom Casmurro. EDUNISC, 2001.
Alexandre Eulálio (org.), Borges ou da literatura: problemas de leitura e tradução. UNICAMP, 1999.
Álvaro Faleiros, Adriana Zavaglia e Alain Mouzat (orgs,), A tradução de obras francesas no Brasil. Annablume, 2011.
Agenor Soares de Moura, À margem das traduções, ed. Ivo Barroso. Arx, 2003.
Ana Cristina César, Crítica e tradução. IMS/Ática, 1999.
Ana Helena Souza, Tradução como um outro original: Como é de Samuel Beckett. 7Letras, 2006.
Andréia Guerini, Gênero e tradução no Zibaldone de Leopardi. EDUSP, 2007.
Boris Schnaiderman, "Caleidoscópio de tradutor", in Plínio Martins Filho & Waldecy Tenório (orgs.), João Alexandre Barbosa: o leitor insone. EDUSP, 2007.
Boris Schnaiderman, "«Hybris» da tradução, «hybris» da análise". Revista Colóquio/Letras. Ensaio 57, Set. 1980, p. 5-12.
Carlos H. Knapp, O manual do tradutor dinâmico e outras mistificações. Beca. 
Celso Cruz, As metamorfoses de Kafka. Annablume, 2007 (visualização parcial).
Claudio Weber Abramo, O Corvo: gênese, referências e traduções do poema de Edgar Allan Poe. Hedra, 2011.
Cristina de Amorim Machado, O papel da tradução na transmissão da ciência: o caso do Tetrabiblos de Ptolomeu. Mauad, 2012.
Cristina Pompa, Religião como tradução: missionários, Tupi e tapuia no Brasil colonial. EDUSC, 2003.
Eliane Fernanda Cunha Ferreira, Para traduzir o século XIX: Machado de Assis. ABL/Annablume, 2004 (visualização parcial).
Elida Ferreira e Paulo Ottoni (orgs.), Traduzir Derrida: Políticas e desconstruções. Mercado de Letras, 2006.
Elza de S´Nogueira, Daibert, tradutor de Rosa: outrs veredas do grande sertão. C/ Arte, 2006.
Geraldo Holanda Cavalcanti, O Cântico dos Cânticos - ensaio de interpretação através de suas traduções. EDUSP, 2005.
Gisele Dionísio da Silva, O corvo no Brasil: a autoria do tradutor. UFG, 2006.
Irene Hirsch, Versão brasileira: traduções de autores de ficção em prosa norte-americanos do século XIX. Alameda Casa Editorial, 2006.
Ivo Barroso (org.), Edgar Allan Poe. "O Corvo" e suas traduções. Rio de Janeiro: Lacerda, 2000.
J. Delisle e J. Woodsworth (orgs.), Tradutores na história. Trad. Sérgio Bath. Ática, 1998.
Jean-Michel Massa, Machado de Assis tradutor. Trad. Oséias Silas Ferraz. Crisálida, 2008.
Jochen Kemper, Standard Freud: uma avaliação crítica do reducionismo nas edições da obra freudiana. Relume Dumará, 1997.
John Milton, O Clube do Livro e a tradução. EDUSC, 2002.
Lauro Maia Amorim, Tradução e adaptação: encruzilhadas da textualidade em Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll, e Kim, de Rudyard Kipling. UNESP, 2005.
Lia Wyler, Línguas, poetas e bacharéis: uma crônica da tradução no Brasil. Rocco, 2003.
Márcia A. P. Martins (org.), Visões e identidades brasileiras de Shakespeare. Lucerna, 2004.
Maria Alice Gonçalves Nunes, O respeito pelo original: João Ubaldo e a autotradução. Annablume, 2009.
Maria Lúcia Pallares-Burke, Nisia Floresta: O  Carapuceiro e outros ensaios de tradução cultural. Hucitec.
Olga Moreira Belov, A força da tradução: problemas de (in)traduzibilidade em "Hora e vez de Augusto Matraga", de Guimarães Rosa, nas versões de língua inglesa e de língua russa. UFBA, 2008.
Onédia Célia de Carvalho Barboza, Byron no Brasil: traduções. Ática, 1974.
Patricia C. Bastianetto (org.), 12 retextualizações: traduções comentadas italiano-português. Viva Voz, UFMG, 2011.
Paula Godoi Arbex, Erico Veríssimo: tradutor. Tese de doutorado, USP, 2003.
Peter Burke e Po-chia Hsia (orgs.), A tradução cultural nos primórdios da Europa moderna. Trad. Roger Maioli dos Santos. UNESP, 2009.
Sônia Amorim, Em busca de um tempo perdido - edição de literatura traduzida pela Editora Globo (1930-1950). EDUSP/UFRGS,1999.
Susana Kampff Lages, Walter Benjamin: tradução e melancolia. EDUSP, 2002.
VV. AA., Traduzir Freud. Martins Fontes/ WMF.
Waldemar Torres, Erico Veríssimo editor e tradutor. AGE, 2012.


ENTREVISTAS, DEPOIMENTOS, CORRESPONDÊNCIAS
Boris Schnaiderman, Encontro com Boris Schnaiderman. Noa Noa, 1986.
João Guimarães Rosa, J. Guimarães Rosa: Correspondência com seu tradutor alemão Curt Meyer-Clason (1958-1967). Nova Fronteira/ABL/UFMG, 2003.
João Guimarães Rosa, J. Guimarães Rosa: Correspondência com seu tradutor italiano Edoardo Bizzari. Nova Fronteira, 2003.
Geraldo de Holanda Cavalcanti, Memórias de um tradutor de poesia. NUT/Escritório do Livro, 2006.
Ivone Benedetti e Adail Sobral, Conversas com tradutores: balanços e perspectivas da tradução. Parábola, 2003.
Paulo Rónai, Como aprendi o português, e outras aventuras. INL, 1956.
Rosa Freire d'Aguiar, Memória de tradutora. NUT/Escritório do Livro, 2004. 
Tradução: Entrevistas (vários links para diversas entrevistas com tradutores)

BANCOS DE TESES, ARTIGOS AVULSOS, VARIEDADES: 
Banco de Teses e Dissertações sobre tradução,USP
Banco de Teses e Dissertações sobre tradução, UNICAMP
Banco de Produção Acadêmica sobre tradução, UFRJ
Banco de Dados sobre tradução, UNESP
Banco de Teses e Dissertações sobre tradução, UnB
Banco de Teses e Dissertações sobre tradução, Mackenzie
Banco de Teses e Dissertações sobre tradução, PUC-SP
Banco de Teses e Dissertações sobre tradução, UERJ
Banco de Teses e Dissertações sobre tradução, UFMG
Banco de Teses e Dissertações sobre tradução, UFPR
Banco de Teses e Dissertações sobre tradução, Portal MEC Domínio Público
Periódicos UFSC, relação completa, com textos de eventual interesse na área de tradução
Produção discente: PGET/UFSC (banco de teses e dissertações)
Produção docente: PGET/UFSC (artigos, livros etc.)
Banco de artigos na Scielo (busca por "tradução" e correlatos)
Eliane Fernanda Cunha Ferreira, "Machado de Assis: crítico e teórico do traduzir, por subtração", in Em Tese, vol. 6, 2003, UFMG.
Márcia do Amaral Peixoto Martins, "As contribuições de André Lefevere e Lawrence Venuti para a Teoria da Tradução", in Cadernos de Letras 27, UFRJ, 2010.
Rosemary Arrojo, "Tradução", in José Luiz Jobim (org.), Palavras da crítica. Imago, 1992.

VER TAMBÉM: 
DITRA, Dicionário de Tradutores Literários no Brasil. PGET/UFSC.
Karen Volobuef, Página acadêmica (literatura e teatro de língua alemã no Brasil). UNESP.
Laurence Hallewell, O livro no Brasil. EDUSP, 2005 (2a. ed., visualização parcial).
Peter O'Neill, Irish Literature in Brazil since 1888. 2009

imagem: via federico carotti

atualizado em 06/11/2012; em 10/12/2012

atualização em 05/08/2015 - abaixo segue o levantamento feito por maria paula frota, da puc-rio:

Publicações sobre tradução – livros, coletâneas e revistas:

Livros:
1. 1952: Escola de tradutores, de Paulo Rónai (essa primeira edição foi depois revisada e ampliada)
2. 1954: A arte de traduzir, de Brenno Silveira (nova edição publicada em 2004)
3. 1974: Byron no Brasil: traduções, de Onédia Barboza
4. 1975: A tradução vivida, também de Rónai
5. 1976: Tradução: ofício e arte, de Erwin Theodor
6. 1980: A formação do tradutor em nível universitário, de Delton de Mattos
7. 1980: Tartufo 81, Guilherme Figueiredo
8. 1982: Tradução e ruído na comunicação teatral, de Geir Campos
9. 1986: O que é tradução, também de Geir Campos
10. 1986: Oficina de tradução: a teoria na prática, de Rosemary Arrojo
11. 1987: Tradução intersemiótica, de Julio Plaza
12. 1988: A presença de Oscar Wilde na “belle époque” literária brasileira, de Gentil de Faria
13. 1990: Tradução: a ponte necessária, de José Paulo Paes
14. 1990: Procedimentos técnicos da tradução, de Heloisa Barbosa
15. 1993: As (in)fidelidades da tradução, de Francis Aubert
16. 1993: O poder da tradução, de John Milton
17. 1993: Poética da tradução, de Mário Laranjeira
18. 1993: Tradução, desconstrução e psicanálise, de Rosemary Arrojo
19. 1998: Tradução: teoria e prática, de John Milton (republicação do livro anterior do autor, de 1993)
20. 1999: Tradução e diferença, de Cristina Carneiro Rodrigues
21. 1999: Ossian no Brasil, de Ofir B. de Aguiar
22. 1999: Tradução técnica e condicionantes culturais. Primeiros passos para um estudo integrado, de João Azenha Junior.
23. 1999: Literatura e cinema: da semiótica à tradução cultural, de Thaïs F. N. Diniz (2ª. edição de 2003)
24. 2000: Abordagens teóricas da tradução, de Ofir B. de Aguiar
25. 2000: A singularidade na escrita tradutora: linguagem e subjetividade nos estudos da tradução, na lingüística e na psicanálise, de Maria Paula Frota
26. 2002: Walter Benjamin: tradução e melancolia, de Susana K. Lages
27. 2002: O Clube do Livro e a tradução, de John Milton
28. 2002: Tradução de humor: transcriando piadas, de Marta Rosas
29. 2003: Línguas, poetas e bacharéis: uma crônica da tradução no Brasil, de Lia Wyler
30. 2003: Tradução retextualização: a tradução numa perspectiva textual, de Neuza G. Travaglia
31. 2003: Notas do tradutor e processo tradutório, de Solange Mittmann
32. 2006: Tradução e adaptação: encruzilhadas da textualidade, de Lauro M. Amorim

Coletâneas:
1. 1981: Estudos de tradutologia, organização de Delton de Mattos (UnB)
2. 1982: A tradução da grande obra literária, org. de Waldivia Portinho (Abrates)
3. 1983: Cultura e tradutologia, org. de Delton de Mattos (UnB)
4. 1983/4: A tradução técnica e seus problemas, org. de Waldivia Portinho (Abrates)
5. 1991: Tradução: teoria e prática, org. de Malcolm Coulthard e Carmen Rosa Coulthard (UFSC)v 6. 1992: O signo desconstruído: implicações para a tradução, a leitura e o ensino, org. de Rosemary Arrojo (Unicamp)
7. 1994: Letras em tradução, org. de Ana B. Ferreira e outros alunos da PUC-Rio
8. 1996: Teorizando e contextualizando a tradução, org. de Else R. P. Vieira (UFMG)
9. 1996: Limites da traduzibilidade, org. de Luiz Angélico da Costa (UFBA)
10. 1998: Tradução: a prática da diferença, org. de Paulo Ottoni (Unicamp)
11. 1999: Tradução e multidisciplinaridade, org. de Marcia A. P. Martins (PUC-Rio)
12. 2000: Práticas discursivas: instituição, tradução & literatura, org. de Maria José P. Monteiro (UFRJ)
13. 2000: Traduzir com autonomia, org. de Fábio Alves, Célia Magalhães e Adriana Pagano (UFMG)
14. 2001: Clássicos da teoria da tradução v. 1 (alemão-português), org. de Werner Heidermann (UFSC) (como nos demais volumes da série, traduções de textos teóricos estrangeiros)
15. 2001: Reflexões sobre a análise crítica do discurso, org. de Célia Magalhães (UFMG)
16. 2001: Metodologias de pesquisa em tradução, org. de Adriana Pagano (UFMG)
17. 2003: Conversas com tradutores, org. de Ivone Benedetti e Adail Sobral (USP)
18. 2003: À margem das traduções, org. de Ivo Barroso (todos os textos são de autoria de Agenor S. de Moura)
19. 2003: Tradução: fragmentos de um diálogo, org. de Ofir B. de Aguiar (UFG)
20. 2004: Clássicos da teoria da tradução v. 2 (francês-português), org. de Cláudia Faveri e Marie- Hélène Torres (UFSC)
21. 2004: Visões e identidades brasileiras de Shakespeare, org. de Marcia A. P. Martins (PUC-Rio)
22. 2005: Competência em tradução: cognição e discurso, org. de Adriana Pagano, Célia Magalhães e Fábio Alves (UFMG)
23. 2005: Clássicos da teoria da tradução v. 3 (italiano-português), org. de Andréia Guerini e Maria Teresa Arrigoni (UFSC)
24. 2006: Clássicos da teoria da tradução v. 4 (Renascimento), org. de Mauri Furlan (UFSC)
25. 2006: Relevância em tradução: perspectivas teóricas e aplicadas, org. de Fábio Alves e José Luiz Gonçalves (UFMG)

Revistas:
1. 1981 a 1986: Tradução & Comunicação, 9 números coordenados por Erwin Theodor e Julio Garcia Morejón, Faculdade Ibero-Americana de São Paulo
2. 1994: TradTerm, Revista do Centro Interdepartamental de Tradução e Terminologia (CITRAT), da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP
3. 1996: Cadernos de Tradução, Núcleo de Estudos da Tradução (NET) da UFSC
4. 1997: Cadernos de Literatura em Tradução, ABRAPT e CITRAT/USP
5. 2001: Tradução & Comunicação, retomada pela UNIBERO, que lança o n. 10
6. 2004: Tradução em Revista, da área de Tradução do Departamento de Letras da PUC-Rio

Números temáticos de revistas de letras em geral:
1. 1984: Remate de Males, n. 4, IEL/UNICAMP
2. 1987: Ilha do Desterro, n.17 , UFSC
3. 1988: Trabalhos em Lingüística Aplicada, n. 11, IEL/UNICAMP
4. 1992: Ilha do Desterro, n. 28, UFSC
5. 1992: Trabalhos em Lingüística Aplicada, n. 19, IEL/UNICAMP
6. 1994: Letras, n. 8, UFSM
7. 1995: Range Rede - Revista de Literatura, n. 1, UFRJ
8. 1995: Com Textos - Revista do Departamento de Letras da UFOP, n. 6
9. 1997: Ilha do Desterro, n. 33, UFSC
10. 1999: Ilha do Desterro, n. 36, UFSC
11. 2000: Alfa, n. especial, UNESP
12. 2001: Crop, n. 6, USP
13. 2002: Gragoatá, n. 13, UFF
14. 2002: Revista Brasileira de Lingüística Aplicada, v.2/n. 2, ALAB
15. 2003: D.E.L.T.A., n. especial

obs.: como só constam dessa relação números temáticos exclusivamente voltados para a tradução, nela não figuram, por exemplo, um número de 1989 da 34 Letras, voltado também para a leitura; um número de 1992 da Alfa - Revista de Lingüística, da UNESP; e o n. 8 da Claritas, PUC-SP, publicado em 2002.

Reuniões do GT de Tradução nos Encontros Nacionais da ANPOLL:
1. 1986: sugerida a sua criação no I Encontro Nacional da Anpoll, UFRJ
2. 1987: primeira reunião, no II Encontro Nacional da Anpoll, UFRJ
3. 1988: segunda reunião, no III Encontro Nacional da Anpoll, UFRJ
4. 1989: terceira reunião, no IV Encontro Nacional da Anpoll, PUC-SP
5. 1990: quarta reunião, no V Encontro Nacional da Anpoll, UFPE
6. 1992: quinta reunião, no VII Encontro Nacional da Anpoll, Porto Alegre
7. 1994: sexta reunião, no IX Encontro Nacional da Anpoll, Caxambu
8. 1996: sétima reunião, no XI Encontro Nacional da Anpoll, João Pessoa
9. 1998: oitava reunião, no XIII Encontro Nacional da Anpoll, UNICAMP
10. 2000: nona reunião, no XV Encontro Nacional da Anpoll, UFF
11. 2002: décima reunião, no XVII Encontro Nacional da Anpoll, Gramado
12. 2004: décima primeira reunião, no XIX Encontro Nacional da Anpoll, Maceió
13. 2006: décima segunda reunião, no XXI Encontro Nacional da Anpoll, PUC-SP

Encontros Nacionais / Internacionais de Tradutores:
I –1975, PUC/RJ
II – 1985, PUC/RJ
III – 1987, UFRGS
IV – 1990, USP
V – 1994, UFBA
VI – 1996, UFCE
VII / I – 1998, USP
VIII / II – 2001, UFMG
IX / III – 2004, UECE

Congresso Ibero-Americano de Tradução e Interpretação (CIATI), promovido pela Unibero:
I – 1998
II – 2001
III - 2004


disponível aqui.



30 comentários:

  1. agradeço a gabriela erbetta, por mais indicações.

    ResponderExcluir
  2. agradeço a guilherme braga, por mais indicações.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo10.1.12

    Bibliografia e tanto!!!

    Parabéns pelo esforço de compilação

    Sandro Ruggeri
    HUMANA COM & TRAD

    ResponderExcluir
  4. agradeço a rogério bettoni, por correções e mais indicações.

    ResponderExcluir
  5. Alexia Natascha22.1.12

    Olá, Denise. Estou passando por aqui, pois preciso de sua ajuda. Gostaria de saber quais editoras já publicaram as melhores traduções das obras de Jane Austen, as irmãs Bronte, Milan Kundera e Charles Bukowski. Estou em dúvida em quais ler, porque há tantas edições e não estou interessada em desperdiçar tempo e dinheiro de novo com publicações no mínimo, porcas.
    Obrigada pela atenção e parabéns pelo continuidade do blog e sua tradução de Walden.

    ResponderExcluir
  6. hahaha, querida alexia, fico desvanecida que vc possa pensar que conheço tudo isso! do milan kundera nem gosto muito, li só a insustentável leveza do ser, e isso faz quase uns trinta anos! bukowski, li uns dois ou três, que nem lembro, e também faz uns 30 anos :-)) das irmãs brontë, a única que eu gosto (ou gostava, hoje em dia imagino que acharia um pouco à l'outrance, por assim dizer) é a emily e os ventos malucos dela. vá por exclusão - eliminando as editoras meliantes e falsificadoras, já é um grande começo.
    um abraço, e obrigada pela gentileza.

    ResponderExcluir
  7. Anônimo29.1.12

    Cara Denise, sou professora de inglês na Universidade Estadual de Alagoas – www.uneal.edu.br, em Arapiraca, e gostaria de parabenizá-la pelo blog e por tão importantes informações nele contidas. Tomei conhecimento do mesmo através da última edição do jornal Gazeta de Alagoas aqui do estado. Gostaria de pedir sua ajuda no sentido de sua sugestão sobre um curso de especialização em tradução a distância, pois alguns alunos meus gostariam de fazer e dizem não ter encontrado através de buscas na Net. Obrigada e um abraço alagoano. Rosangela Lima

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. na uninove tem curso 100% a distância de tradutor e intérprete.

      Excluir
  8. prezada rosangela: obrigada! por incrível que possa lhe parecer, não sei dizer. sei que existem inúmeros cursos em nível de graduação, pós-graduação, especialização (ufsc, puc-rio, puc-sp, usp, unb, ufrgs, unibero, unip, mackenzie, gama filho, metodista), além de cursos de tradução oferecidos por escolas de línguas como o goethe e a cultura inglesa, e inúmeras oficinas sobre os mais variados campos de tradução: legendagem, interpretação, tradução literária, tradução técnica e comercial, uso de ferramentas de auxílio à tradução etc. mas não saberia dizer se algum oferece a modalidade de curso a distância.
    um abraço
    denise

    ResponderExcluir
  9. Alexia Natashca1.2.12

    Denise, seu trabalho e de outras pessoas que fazem o mesmo que você é de grande ajuda pra nós. Ainda bem que dividir conhecimento nunca será exagero.
    Pelas suas dicas consegui as obras. Minha sorte é que são emprestadas :-)
    O morro dos ventos uivantes é da BestBolso, tradução e prefácio de Rachel de Queiroz;
    A insustentável leveza do ser, Círculo do Livro, trad. Teresa B. Carvalho da Fonseca
    O amor é um cão dos diabos, L&PM pocket, trad. Pedro Gonzaga

    ResponderExcluir
  10. Anônimo13.2.12

    e essa bela estante, onde fica? quem a fotografou? parabéns por tudo, incluindo o estilo da escrita.

    ResponderExcluir
  11. olá, prezado anônimo, obrigada. o link da foto está no final do post, me enviaram via tumblr.

    ResponderExcluir
  12. Boa Noite...adorei o acervo e gostaria de ter acesso ao Da transcriação, poética e semiótica da operação tradutora de Haroldo Campos. Ao clicar a página não está aparecendo. Vc sabe se encontro em outro lugar?

    Obrigada
    Rebeca

    ResponderExcluir
  13. olá, rebeca, que coincidência: ontem eu estava checando de novo os links, e vi que não está mais disponível, uma pena! e no final há uma entrevista de josé paulo paes, que é ótima. dupla pena!

    se eu localizar novo link, colocarei.

    ResponderExcluir
  14. Muitíssimo obrigado!
    Um trabalho maravilhoso que há de ajudar muita gente, com certeza!

    ResponderExcluir
  15. agradeço a fred spada a informação sobre o número especial de aletria.

    ResponderExcluir
  16. Cara Denise, parabéns pelo trabalho incansavel. Estou me deliciando com o seu blog - porque não dá mesmo para ficar engolindo plágio.

    ResponderExcluir
  17. Que presente dos céus é este seu blog, Denise.

    Obrigada por compartilhar tanta coisa boa com nós, pobres tradutores mortais (rs).

    Um abraço apertado,

    Nicole Rodrigues
    www.tradutora.tumblr.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que vc acha útil, nicole, fico contente :-)

      Excluir
  18. Olá Denise,

    Muito obrigada pela generosa ajuda!

    Daiane Publio Dias

    ResponderExcluir
  19. Zsuzsanna21.6.14

    Denise, uma coisa muito estranha acontece com um site chamado SCRIBD. Entre muitos materiais, eles se "apoderaram" desta sua página, publicam como se tivesse sido postado por um tal de Ton Diniz, e para a gente ter acesso às informações, a gente tem que pagar. Ou seja, pescam de graça e cobram pra gente usar. E o pior é que muita coisa acadêmica que eles publicam não dá pra achar em outro lugar. Maluco isso. Reconheci seu estilo pelo texto e até a foto da biblioteca aparece lá. Aqui o link pra você ver. http://pt.scribd.com/doc/191516973/bibliografia-brasileira-sobre-traducao

    ResponderExcluir
  20. ui, obrigada por avisar, zsu! o scribd já foi muito legal, tipo o 4shared. já uploadei muita coisa minha lá. o problema é que o próprio site, o scribd, começou a cobrar pelo acesso - não seus usuários, seus abastecedores e consulentes. a sacanagem é do scribd; a frequência, aliás, caiu drasticamente, pois era uma plataforma livre e aí começaram com essa palhaçada. triste mesmo.

    ResponderExcluir
  21. Anônimo20.8.14

    Denise,
    No repositório de dissertações e teses da UFRGS - Lume também tem teses e dissertações relativos à tradução.
    Envio o link: http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/1

    ResponderExcluir
  22. Anônimo6.1.15

    Denise, qual desses livros você recomendaria para um jovem que não possuí a menor experiência com tradução mas que gostaria de fazer bons trabalhos (mesmo que amadoristicamente) no campo do Inglês para Português?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, anônimo - não li todos, longe disso. mas gosto muito dos textos de tradutores de fato, como rónai, paes, schnaiderman, não de teóricos.

      Excluir
  23. Anônimo22.5.15

    Denise, estou traduzindo um artigo científico e não sei se devo traduzir os títulos da bibliografia utilizada. O que você acha?

    ResponderExcluir
  24. Denise,
    Achei esse livrinho bem "antigo" sobre traduzir HQ, talvez, possa adicionar a lista de produções brasileiras: http://historiografiadatraducaobr.blogspot.com.br/2015/03/livro-sobre-traducao-de-hq.html
    Abraço!

    ResponderExcluir
  25. Denise, uma pergunta, inaugurando 2016 nos comentários desse post: o cotejo e a análise geral de traduções de livros brasileiros pra fora ainda é um campo meio difícil de se ver apesar das dificuldades padrão (presença editorial e "publicacional" brasileira no exterior, um poliglotismo que vejo de maneira bem extrema - a cada troca de papa pelo menos - entre outros etceteras), ou nem tanto? Tem alguma universidade (ou gente) por aqui encarando essa espécie de troca, seja como projeto, seja como um programa internacionalizado, no âmbito da tradução mesmo, não no da historiografia? Agradeço a resposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, anderson, aí você me pegou, não sei dizer. com certeza deve haver, mas não é muito minha área. dê uma espiada nos artigos contidos nos "cadernos de tradução" da ufsc e nas dissertações e teses do pget, também da ufsc. provavelmente encontrará alguma coisa por lá. abraço.

      Excluir

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.