24 de jan de 2012

frase do mês

Palavras do crítico literário Alfredo Monte: "Martin Claret é como o comandante do Costa Concordia, levando o leitor incauto para as águas perigosas e desastrosas da fraude e do logro." Aqui.
.

2 comentários:

  1. Anônimo25.1.12

    Experimente reforçar a denúncia dessas pseudotraduções, no programa da BN, através da ouvidoria do Ministério da Cultura. Apesar disso, não tenho grandes esperanças que os livrinhos da Martin Claret sejam excluídos. É capaz de acharem satisfatória a justificativa da BN de que só retiraria os livros mediante decisão judicial.
    Cá pra nós, sabendo do histórico de embromações da Martin Claret, não custava nada a BN exigir da editora documentos que provem a autenticidade ou licenciamento das traduções.

    ResponderExcluir
  2. Uma lástima: quando é conveniente, a desculpa "legalista" é sempre invocada, seja por livrarias, seja por orgãos públicos...

    ResponderExcluir

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.