25 de mar de 2009

as voltas que o mundo dá

costumo contatar diretamente todas as editoras, entidades, instituições que cito aqui no nãogosto. além disso, elas estão em sua maioria incluídas na mala direta que envio a cada 7-10 dias, com resumo das notícias, para umas mil pessoas. se a mensagem cai como spam, se as pessoas deletam, se leem ou não leem, aí já não é comigo. considero que minha parte - informar - estou fazendo.

ao longo desse ano e meio de briga contra o plágio, tive alguns contatos esporádicos com a nova cultural, cobrando, tentando me informar das providências etc. a editora sempre manteve uma atitude bastante altaneira e autossuficiente, e em dado momento até um pouco hostil. hoje fiquei surpreendida com um e-mail muito afável que recebi de cristiane mutus, a negociadora da nova cultural, perguntando se eu tinha interesse em receber exemplares dos pensadores para os cotejos, se havia algo mais em que a empresa pudesse colaborar, avisando que havia despachado para mim várias edições da república de platão, e até me agradecendo ao final do e-mail.

bom, não tenho nem quero ter rabo preso com ninguém. só não gosto de plágio, e ponto. mas que achei engraçado, isso lá achei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.