8 de mar de 2009

nem o minc aguenta a non-chalance pilatística da fbn

sobre o inqualificável episódio da fbn, exposto em post anterior, cadastrando eça, josé de alencar, machado de assis, em suas gloriosas traduções para o português na martin claret.

como todos sabem, escrevi perplexa e revoltada à fbn e ao minc, e do minc tive de início uma pseudo-resposta, estritamente burocrática: "A atribuição de ISBN aos livros publicados no Brasil segue os mesmos procedimentos adotados em todas as agências do mundo, que não consideram o conteúdo da obra que solicita a identificação".

naturalmente reagi a essa pifiedade, da seguinte maneira:

"----- Original Message -----
From: Denise Bottmann
To: Coordenação Geral de Direito Autoral do MinC
Sent: Friday, May 16, 2008 11:22 PM
Subject: Re: assunto sério e complicado

prezado sr. marcos alves de souza,

agradeço sua resposta. como o sr. vê, é de fato uma situação deplorável.

nenhum cidadão tem obrigação de saber como funcionam os meandros internos da agência brasileira do isbn - a única coisa que vemos é uma ficha com a chancela da fbn dizendo que machado de assis foi traduzido por pietro nassetti. imagine só o sr. um site público ficar divulgando informações absolutamente falsas!!! e imagine o sr. que ele diga, "Ah, mas não é responsabilidade minha!". tal seria....

talvez a agência internacional do isbn não tenha levado essa hipótese em conta por ser absurda demais. duvido que, caso existisse na inglaterra alguma editora tão estranha quanto as que temos no brasil, a qual remetesse à agência de isbn da inglaterra uma boneca de folha de rosto e uma planilha de dados dizendo que john smith era o tradutor de shakespeare, repito, duvido que o agente local da agência local digitasse isso.... e duvido que a diretoria local se mantivesse impávida, sem sequer pestanejar, quando fosse alertada do fato....

resta sempre o mais importante e menos atendido: o respeito ao cidadão. se a fbn informa em seu site que o tradutor de machado de assis é pietro nassetti, desculpe-me o sr., mas ela, ao publicar tal informação, está validando a mesma. tentar se eximir dizendo que apenas copiou os dados enviados pelo editor, desculpe-me novamente, não dá para aceitar, de maneira alguma. é um desrespeito e uma grande displicência em relação ao valor da palavra escrita e publicada sob o selo da fbn, em seu site oficial, e uma grande desconsideração para com, repito, os cidadãos.

torço para que o ministério realmente comece a pôr fim a tantos vexames e tantas demonstrações de irresponsabilidade por parte da agência brasileira de isbn. talvez eu entre em contato com a agência internacional, exponha os fatos e peça para eles reverem as normas, pois para o brasil as atuais parecem inadequadas.

atenciosamente,
denise bottmann"

aparentemente o minc caiu um pouco em si e enviou nova resposta:

"----- Original Message -----
From: Coordenação Geral de Direito Autoral do MinC
To: Denise Bottmann
Sent: Monday, May 19, 2008 2:53 PM
Subject: Re: assunto sério e complicado

Prezada senhora Denise Bottmann,
De acordo com as informações a que tivemos acesso, creio que há uma divergência entre o que o editor da obra inseriu no catálogo do ISBN e as informações catalográficas retiradas da própria edição. Nesse caso, reiteramos o que foi dito pela FBN em resposta à matéria de O Globo On Line pela senhora divulgada (atualização II - http://oglobo.globo.com/blogs/prosa/post.asp?cod_post=102805), que é de responsabilidade do editor os dados por ele enviados. [...]

Conforme já lhe explicamos, infelizmente não possuímos previsão legal e institucional para agir nessa seara. Por esse e outros aspectos, estamos convocando a sociedade, por meio do Fórum Nacional de Direito Autoral, para debater a legislação nacional e levantar sugestões a respeito da necessidade de alteração da Lei.

Agradecemos seu esforço na defesa de assunto tão importante e nos colocamos à disposição para outros questionamentos.

Atenciosamente,
Marcos Alves de Souza
Coordenador Geral de Direito Autoral
Ministério da Cultura"

Publicado por denise bottmann at 23:27 (UTC-3)

originalmente publicado em 22/05/2008, em "assinado-tradutores"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.