12/03/2009

discurso do método 4

uma das poucas vozes da academia que se manifestaram publicamente:

"mal se podia na época, se bem me lembro, recorrer às traduções em língua portuguesa. [...] foi nesse contexto que surgiu a coleção 'os pensadores', então publicada pela abril cultural. o projeto visionário de josé américo pessanha consistia em trazer ao público brasileiro, de maneira ampla e acessível, escritos filosóficos significativos, precedidos de estudos introdutórios à obra de seus autores. zelar pela escolha dos textos e pelo rigor e qualidade das traduções eram pontos inquestionáveis. [...]
"a coleção 'os pensadores' tornou-se referência. é bem verdade que alterações se produziram à medida que sucediam as edições: suprimiram textos que compunham volumes, dividiram volumes em partes. interesses comerciais. algo estupefaciente estava ainda por ocorrer. ao deparar-me recentemente com uma das últimas edições do volume descartes, percebi, atônita, que tinha nas mãos outro livro.67 inteiramente transformado, nele substituíram por outra a tradução de bento prado júnior e jacó guinsburg; suprimiram a introdução de gilles-gaston granger e as notas de gérard lebrun. custa crer que um projeto tão bem cuidado e tão bem sucedido venha sendo dessa forma desmantelado."
67. descartes, discurso do método, as paixões da alma, meditações, trad. enrico corvisieri, são paulo, nova cultural, 2000 (coleção "os pensadores").

scarlett marton, a irrecusável busca de sentido, ateliê editorial, 2004, pp. 64-65.

embora a profa. scarlett tenha sido caridosa em chamar o copidesque corvisieriano de "outra" tradução, o que vale é sua expressão de repúdio.

se as dezenas de filósofos e correlatos uspianos, unespianos e unicampianos que torcem o nariz a essas pseudotraduções tomassem alguma iniciativa para além das quatro paredes da academia, certamente prestariam um bom serviço à sociedade. podem começar, por exemplo, solicitando ao mec que retire de seu portal de domínio público o tripudio à memória de bento prado. o coordenador do portal se chama marco antonio rodrigues, seu endereço eletrônico é dompub@mec.gov.br e o telefone é (61) 2104-8100.
eu, de minha parte, já escrevi.

retificação em 13/03: a atual coordenadora do portal é dalvanisa luiz. e-mail e telefone continuam os mesmos.

imagem: portas-lapsos.zip.net; negrito meu na citação.

2 comentários:

  1. ai, ai... meu descartes é do nojento do corvo...

    ResponderExcluir
  2. denise12.3.09

    ai, ai, querida, o seu e os de umas 200 mil pessoas mais, no mínimo.

    ResponderExcluir

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.