30 de nov de 2011


8 comentários:

  1. em estado de profundo maravilhamento...

    ResponderExcluir
  2. lindo mesmo, não é, augusto? :-))
    e que bom que vc não pergunta onde é, pois não sei. chega a ser meio irrelevante!

    ResponderExcluir
  3. Daniel30.11.11

    olá, Denise.

    talvez a pergunta não venha no local mais apropriado (e certamente você já deve tê-la respondido várias vezes, mas pesquisei no blog e não achei nada): por que você aboliu as letras maiúsculas dos seus textos? pergunto por pura curiosidade.

    grande abraço, parabéns e obrigado pelo blogue (serviço de utilidade pública para o público leitor!)

    ResponderExcluir
  4. olá, daniel:
    era um hábito que eu tinha em meus escritos pessoais (brinco dizendo que foi excesso de leitura de cummings na adolescência). quando iniciei este blog, vindo de um blog coletivo anterior, "assinado tradutores", senti como algo muito pessoal e queria ficar à vontade, de um jeito meu. foi meio por isso que adotei - mas não foi algo programático, como pode parecer quando digo isso agora. foi espontâneo, naquele momento. depois ficou.
    ouvi algumas reclamações e até algumas malcriações (não sei por quê), mas aí parecia que a coisa já tinha ficado como uma espécie de identidade, e fui deixando.

    além do mais, escrevo o dia todo (traduções), onde o formalismo é muito grande. e digitar só em minúsculas, à noite, às vezes cansada, é muito mais rápido.

    resumindo, por um monte de coisas :-))

    mas em meus outros blogs adoto caixa alta e baixa normal. a minúscula acabou ficando reservada para o nãogostodeplágio.

    obrigada pelas palavras generosas!

    abraço
    denise

    ResponderExcluir
  5. Daniel30.11.11

    legal, bom saber.

    passei a fazer o mesmo há algum tempo - admito que não sei se por algum tipo de influência inconsciente após tanto tempo de leitura do seu blogue. mas, convenhamos, é realmente muito mais prático e cômodo.

    bem, se "roubei inconscientemente" a sua ideia, dou os devidos créditos aqui, espero que não se importe.

    abraço!

    p.s.: só não consegui abolir as maiúsculas dos nomes próprios. início de frase é beleza, tiro sem remorso. já os nomes...

    ResponderExcluir
  6. sim, denise, o lugar é irrelevante mesmo. é uma lindeza só. o céu deve ser mesmo assim.

    ResponderExcluir
  7. O Saramago escreveu contos sem pontuação e maiúsculas.

    ResponderExcluir

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.