14 de nov de 2011

poe no clube do livro



Esta coletânea de diversos autores, publicada pelo Clube do Livro em 1981, traz "William Wilson" de Poe. É uma edição apócrifa, sem créditos de tradução nem de licenciamento das editoras de onde foram extraídas as traduções. No caso da de "William Wilson", é uma vez mais a vetustíssima "traducção brasileira" anônima publicada em 1903 pela H. Garnier, e que creio tratar-se de uma contrafação da tradução portuguesa de Mécia Mousinho de Albuquerque.

Se o Clube do Livro foi um dos grandes divulgadores de contos de Poe entre um público mais amplo no Brasil, com edições baratas e sistema de venda domiciliar, desde 1945 a 1988, com:

  • Novelas extraordinárias (1945)
  • Aventuras de Artur Gordon Pym (1946)
  • Thingum Bob e outros contos (1956)
  • uma pretensa cessão de direitos de tradução para as Histórias extraordinárias da Ordibra (1972)
  • "William Wilson" na coletânea acima (1981)
  • Histórias extraordinárias (1988)

por outro lado foi a editora com maior quantidade de edições espúrias, plágios e contrafações das traduções de Poe em português. Uma pena.
.

2 comentários:

  1. Uma obra que trata do tema é "O Clube do Livro e a Tradução", de John Milton. Valeu muito tê-la lido, tenho conhecidos que participaram do Clube do Livro que até hoje não tinham ideia dessa realidade.

    ResponderExcluir
  2. olá, m., verdade, muito bem lembrado!recomendei-o algumas vezes e volto a recomendá-lo: http://naogostodeplagio.blogspot.com/2010/08/marco-polo.html e http://naogostodeplagio.blogspot.com/2010/09/clube-do-livro.html

    ResponderExcluir

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.