25 de nov de 2011

nietzsche no brasil, complementos interessantes

a tradução portuguesa de araújo pereira - de 1913 até a data presente, pela guimarães - afinal foi publicada no brasil, circa 1936, pela cultura moderna:


é esta tradução portuguesa que julgo ser a "tradução revista e atualizada por josé mendes de souza", que saiu pela brasil em 1950 e depois, em 1967, passou para a ediouro como "tradução de josé mendes de souza", assim permanecendo pelo menos até 1995.

num entendimento muito acertado, a cultura moderna também lançou um volume com assim falava zaratustra acompanhado de os super-homens de ralph waldo emerson, cuja tremenda influência sobre nietzsche às vezes parece um pouco negligenciada em nossos estudos. (aliás, até já comentei como nietzsche e thoreau parecem irmãos a este respeito, o caçula e o primogênito disputando numa arena ideal a concretização vitalista do transcendentalismo paterno.)


2 comentários:

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.