17 de jun de 2009

abnt, consulta nacional I

eugenio hansen, ofs, avisa que a abnt colocou em consulta nacional a proposta de cancelamento da norma 10526/88, referente à editoração de traduções.

"EDITAL Nº. 06:2009
Período de 21 de maio de 2009 a 20 de junho de 2009

PROPOSTAS DE CANCELAMENTO DE NORMAS BRASILEIRAS

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) torna público que as Propostas de Cancelamento das Normas Brasileiras a seguir relacionadas encontram-se disponíveis em Consulta Nacional no endereço www.abntnet.com.br/consultanacional.

A Consulta Nacional é realizada inteiramente on line, sem qualquer ônus, conforme instruções apresentadas no próprio site.

Ressaltamos que devem ser observados os respectivos prazos-limites indicados no site.
Esta relação também é publicada no Diário Oficial da União (D.O.U.).
[...]

ABNT/CB-14 – COMITÊ BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO

ABNT NBR 10526:1988 Editoração de traduções Prazo-limite 14.07.2009
Justificativa: Esta norma não é mais utilizada pelo setor."

para participar da consulta, clicar em:
http://www.abntnet.com.br/consultanacional/projetos.aspx?ID=163&Projeto=ABNT/CB-14%20INFORMAÇÃO%20E%20DOCUMENTAÇÃO
selecionar "cancelamentos" e pedir visualização.

além de votar, você pode colocar seus comentários e/ou anexar sugestões no campo da votação. pronto, é só enviar. meio minuto depois você recebe em seu e-mail a cópia e número de autenticação de seu voto.

o meu, por exemplo, foi:
"Seu voto: Aprovado com observações de forma
Comentário: seria absolutamente necessário reformar a nbr 6023, nos modelos de referência, item 7. entre os elementos essenciais está nomeado o autor. desde a lei 9610/98, o tradutor é definido como autor de obra derivada. no entanto, a nbr 6023 indica a responsabilidade de tradução como dado complementar e não essencial. por exemplo: 8.1.1.4. seria preciso especificar entre os dados essenciais 'autor da obra originária' e 'autor da obra derivada', conforme estabelece a referida lei 9610/98. Com -1 arquivo(s) anexados".

amanhã volto ao tema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.