5 de dez de 2008

utilidade pública

quem por acaso tiver algum exemplar do elogio da loucura de erasmo de roterdã na infeliz edição da claret, por favor corrija os créditos de tradução na primeira página:

em vez de alex marins, o verdadeiro tradutor é paulo m. oliveira (atena editora).

refiro-me à ed. 85-7232-404-6.*
* "alex marins" no exemplar físico que tenho em mãos, mas cadastrada na fbn/isbn em nome de pietro wassetti, sic.

[aparentemente, em 2008 a mc resolveu refazer a edição, agora em nome de paulo sérgio brandão, cadastrada na fbn sob n. 978-85-7232-754-1. não a conheço, mas espero que seja de fato uma nova tradução, de direito próprio.

resta aguardar a errata e a substituição das dezenas de milhares de exemplares fraudados que têm sido vendidos pela martin claret, em edições sucessivas desde 2000, aos incautos leitores e a todas as instituições públicas e privadas de boa-fé.]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.