12 de fev de 2013

dlit, contribuições XI



quanto à coletânea poesias, que a w. m. jackson publicou em 1950, talvez caiba lembrar que ela saiu em dois tomos, correspondentes aos volumes XXXVIII e XXXIX da coleção jackson. no levantamento do dlit consta o conteúdo do vol. XXXIX, que já comentei aqui, a propósito de pellico.







o primeiro tomo das poesias, vol. número XXXVIII na coleção, traz:
  • "soneto" de dante em tradução de arduíno bolívar; 
  • de petrarca, "triunfo da morte", "soneto", "soneto", o primeiro em tradução de luís de camões e os outros dois em tradução de jamil almansur haddad; 
  • de ariosto, a tradução de simoni para o "episódio do encontro de angélica com sacripante" (século XIX); 
  • de tasso, "episódio de sofrónia e olindo", em tradução de ramos coelho (portugal, século XIX); 
  • "cinco de maio", de manzoni, também em tradução de ramos coelho (portugal, século XIX).
a tradução brasileira de almansur consta no cancioneiro de petrarca (1945), já devidamente arrolado no levantamento. assim, restaria apenas acrescentar a existência desse vol. XXXVIII como primeira parte da antologia de poesias, assinalando a tradução de arduíno bolívar para o soneto de dante.

dlit aqui.

a imagem acima é da edição de 1964.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.