20 de fev de 2013

jorge amado tradutor, I

jorge amado teria traduzido todos esses livros para a brasiliense em 1945. vá lá que, como bom comunista, era companheiro solidário de arthur neves, fundador da editora, e de caio prado jr., associado à empreita. mas me parece bem mais um empréstimo do nome "para ajudar a vender" - à la nelson rodrigues na record, quase trinta anos depois - do que qualquer outra coisa. 











Autoria:Babel, IsaacClique aqui para possivel enriquecimento obtido no Catálogo de Autoridades
Título:Cavalaria vermelha Issac Babel; trad. Jorge Amado. /
Imprenta:São Paulo : Brasiliense , 1945.
Descrição física:141 p.
Série:(Coleção Ontem e Hoje : 016)
Coleção:SC PD 
Número de Chamada:040448 

há ainda o vol. 11 da coleção ontem e hoje, com lavrenev, o sétimo camarada, 1945.

imagens extraídas do álbum de fotos do historiador dainis karepovs, disponível em sua página no facebook, e da fundação casa de rui barbosa.

atualização: josélia aguiar, jornalista e biógrafa de jorge amado, afirma que "ele garantia que só traduziu UM livro na vida. 'Dona Bárbara', de Rómulo Gallegos, apenas".

fico imaginando dezenas de teses, estudos, artigos, comentando os dotes tradutórios de jorge amado, tal como discorrem sobre as pretensas traduções de nelson rodrigues...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.