6 de ago de 2015

a produção da philobiblion

A Philobiblion foi uma pequena gráfica artesanal, criada pelo gráfico e gravurista Manuel Segalá, catalão radicado no Rio de Janeiro.

1954
ATHAYDE, Laura Constância Austregesilo de. Noturno do morro do encanto. Rio de Janeiro, Philobiblion, 1954. Coleção A Rosa dos Ventos, v. i. Tiragem de 200 exemplares numerados e assinados pelo autor, impressos sobre papel Ingres.                                      

1955   

ANDRADE, Carlos Drummond. Soneto da Buquinagem. Rio de Janeiro, Philobiblion, 1955. Xilogravuras de Manuel Segalá. Tiragem de 100 exemplares autenticados pelo autor e estampados sobre papel marca Raphael.

BANDEIRA, Manuel. O melhor soneto. Rio de Janeiro, Philobiblion, 1955. (Separata número i da revista A Sereia.) Tiragem de 50 exemplares.

CAMARGO, Christovam de. Poèmes de la nuit. Rio de Janeiro, Philobiblion, 1955. Xilogravuras de Manuel Segalá. Tiragem de 1030 exemplares numerados e rubricados pelo autor.

GARCÍA LORCA, Federico. Poeta en Nueva York. Rio de Janeiro, Philobiblion e Civilização Brasileira, 1955. Coleção Maldoror, v. 2. Desenhos do poeta e retraio do autor em calcografia. Tiragem de 304 exemplares numerados e impressos sobre papel Canson.

LEONI, Raul de. Eugenia. Rio de Janeiro, Philobiblion, 1955. Xilogravuras de Manuel Segalá. Tiragem de 100 exemplares.

MACHADO, Aníbal M. Poemas em prosa. Rio de Janeiro, Philobiblion e Civilização Brasileira, 1955. Coleção Maldoror, v. i. Xilogravuras de Manuel Segalá. Tiragem de 330 exemplares estampados sobre papel marca Raphael.

MEIRELES, Cecília. Espelho cego. Rio de Janeiro, Philobiblion, 1955. (Separata número 2 da revista A Sereia.) Xilogravuras de Manuel Segalá. Tragem de 100 exemplares.

MEIRELES, Cecília. Pequeno oratório de Santa Clara. Rio de Janeiro, Philobiblion, 1955. Gravuras de Manuel Segalá. Tiragem de 320 exemplares numerados e impressos sobre papel Ingres.

MEIRELES, Cecília. Pistóia: cemitério militar brasileiro. Rio de Janeiro, Philobiblion, 1955. Xilogravuras de Manuel Segalá. Tiragem de 100 exemplares estampados sobre papel Ingres.

RIOSECO, Arturo Torres. Pájaro herido. Rio de Janeiro, Philobiblion, 1955. (Ediciones de A Sereia.) Xilogravuras de Manuel Segalá. Tiragem de 43 exemplares estampados sobre papel marca Raphael.

SANCHEZ, Homero Icaza. Envio de navidad. Rio de Janeiro, Philobiblion, 1955. Xilogravuras de Manuel Segalá. Tiragem de 200 exemplares estampados sobre papel marca Raphael.

A SEREIA - Revista de poesia. Rio de Janeiro, Philobiblion, 1955. Tiragem de 1000 exemplares. (4 volumes) v. i, 2 e 3 -1955 e v. 4 -1956.

1956

BANDEIRA, Manuel. Acalanto para as mães que perderam o seu menino —um poema. Rio de Janeiro, Philobiblion, 1956. Xilogravuras de Manuel Segalá. Tiragem de 20 exemplares numerados e rubricados pelo poeta.

BLAKE, William. As núpcias do céu e do inferno. Rio de Janeiro, Philobiblion e Civilização Brasileira, 1956. Coleção Maldoror, v. 7. Tradução de Oswaldino Marques. Capa xilografada de Manuel Segalá e ilustrações do próprio Blake. Tiragem de 300 exemplares numerados e impressos sobre papel Canson.

CAMPOS, Geir. Da profissão do poeta. Rio de Janeiro, Philobiblion e Civilização Brasileira, 1956. Xilogravuras de Manuel Segalá. Tiragem de 500 exemplares estampados sobre papel Ingres.

ELIOT, T. S. A terra inútil. Rio de Janeiro, Philobiblion e Civilização Brasileira, 1956. Coleção Maldoror, v. 3. Tradução de Paulo Mendes Campos. Xilogravuras de Fayga Ostrower. Tiragem de 300 exemplares numerados e impressos sobre papel Canson.

GOMIDE, Paulo. Natal carioca. Rio de Janeiro, Philobiblion, 1956. Xilogravuras de Manuel Segalá. Tiragem de 50 exemplares impressos sobre papel Ingres, fabricado à mão por Guarro, de Barcelona.

KAFKA, Franz. Parábolas e fragmentos. Rio de Janeiro, Philobiblion e Civilização Brasileira, 1956. Coleção Maldoror, v. 6. Tradução de Geir Campos. Ilustrações (água-forte) de Poty. Tiragem de 300 exemplares numerados e impressos sobre papel Canson.

LAUTRÉAMONT. Os cantos de Maldoror. Rio de Janeiro, Philobiblion e Civilização Brasileira, 1956. Coleção Maldoror, v. 8. Tradução de Miécio Tati. Xilogravuras de Manuel Segalá. Tiragem de 300 exemplares numerados e impressos sobre papel Canson.

LINHARES, Augusto. Mensagem ao juiz perfeito. Rio de Janeiro, Philobiblion, 1956. Xilogravuras de Manuel Segalá. Tiragem de 200 exemplares.

MAIAKÓVSKI, Vladimir. Poemas. Rio de Janeiro, Philobiblion e Civilização Brasileira, 1956. Coleção Maldoror, v. 4. Tradução de E. Carrera Guerra. Desenhos a nanquim de Cleoo. Tiragem de 300 exemplares numerados e impressos sobre papel Canson.

MEIRELES, Cecília. Giroflê Giroflâ. Rio de Janeiro, Philobiblion e Civilização Brasileira, 1956. Coleção Maldoror, v. 5. Xilogravuras de Manuel Segala. Tiragem de 330 exemplares numerados e impressos sobre papel Canson.

RILKE, R. M. A princesa branca. Rio de Janeiro, Philobiblion e Civilização Brasileira, 1956. Tradução de Geir Campos.

RIMBAUD, J. N. Arthur. Vogais/Voyelles. Rio de Janeiro, Philobiblion e Livraria São José, 1956. Tradução de Gondin da Fonseca. Xilogravuras de Manuel Segalá. Os exemplares foram estampados sobre papel marca Raphael. Sem tiragem definida.

SILVA, Juvenal Galeno da Costa e. Saudade. Rio de Janeiro, Philobiblion e Livraria São José, 1956. Xilogravuras de Manuel Segalá. Sem tiragem definida.

1957

ASSIS, Machado de. A Coralina. Rio de Janeiro, Philobiblion e Livraria São José, 1957. Xilogravuras de Manuel Segalá. Tiragem de 100 exemplares.

BACIER, Stefan. 2 Guatemaltecos. Rio de Janeiro, Philobiblion, 1957. Tiragem de 200 exemplares impressos sobre papel Canson.

FRÓEZ, Heitor P. Cara e coroa: 8 sátiras sociais. Rio de Janeiro, Philobiblion e Livraria São José, 1957.                         

LORCA, Garcia. Oito desenhos. Rio de Janeiro, Philobiblion, i957. Tiragem de 100 exemplares impressos sobre papel Ingres.

MEIRELES, Cecília. Romance de Santa Cecília. Rio de Janeiro, Philobiblion, 1957. ilogravuras de Graciela Fuenzalida. Tiragem de 200 exemplares numerados e assinados pela autora, impressos sobre papel Canson.

SALUSSE, Júlio. Cisnes. Rio de Janeiro, Philobiblion e Livraria São José, 1957. Xilogravuras de Manuel Segalá. Tiragem de 100 exemplares.



dados extraídos daqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.