25 de nov de 2010

questão de foco

.
excesso de livros ou falta de visão? 


Biblioteca Nacional, 200, sofre com excesso de livros
Prédio principal está lotado; livros novos e antigos são alocados em acervo anexo em situação calamitosa

leia a matéria na íntegra aqui.
...um barracão recoberto de pichações, com goteiras no teto, sem móveis e tomado de poeira e umidade.

Para lá são mandadas obras que não cabem mais no prédio principal, sobretudo os periódicos. A direção da biblioteca não permitiu fotografá-lo internamente.

Um passeio pelos quatro andares do prédio é desolador. Pilhas de jornais, guardados em caixas de papelão, estão cobertas de plástico para proteger da goteira incessante. Livros do século 19 estão empilhados de qualquer forma e recobertos de poeira.

Centenas de caixas com livros doados, sobretudo obras que foram beneficiadas pela Lei Rouanet e que deveriam ser distribuídas, permanecem intocadas e sujeitas à umidade.   
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq2910201014.htm

imagem: miopia

3 comentários:

  1. Denise,

    por esse motivo doei traduções brasileiras de Jane Austen para biblioteca fora do Brasil...

    ResponderExcluir
  2. Ué, se não me falha a memória, essa matéria parece a mesma de uns oito anos atrás, sobre a mesma BN.

    ResponderExcluir
  3. que judiação, né, raquel?

    pois é, perma, e essa matéria é de quando ela fez duzentos aninhos, ou seja, de agora...prepare-se para o aniversário de 250 e o de 300!

    ResponderExcluir

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.