17 de jul de 2013

lima barreto gostaria de estar na flip?

exposição de motivos de gutemberg medeiros sobre lima barreto como homenageado da flip 2014:
Lima Barreto iria para a FLIP 
A Floreal durou apenas quatro números, mas Barreto já era “um homem marcado, pelo menos incompatibilizado com grande número de influentes jornalistas e escritores”. Apesar de sempre buscar se integrar ao meio literário, como ingressar na Academia dos Novos (1911) e na Sociedade dos Homens de Letras (1914). Como se não bastasse, Lima quase se candidatou à Academia Brasileira de Letras em três ocasiões. A primeira, em 1918, seguida da tentativa de 1919, na vaga de seu amigo e boêmio, o escritor e jornalista Emílio de Menezes. A última foi no ano de sua morte, 1922, na vaga de João do Rio, quando formalizou o pedido de inscrição, mas acabou desistindo. Respeitando a pluralidade de opiniões já veiculadas, afirmo como especialista em Lima Barreto que ele ficaria muito feliz se fosse convidado para a FLIP. Defendo com veemência a proposta de tê-lo como grande nome da versão 2014 do evento, pois todo e qualquer reconhecimento de sua obra é não apenas bem vindo, mas fundamental. Pois ele continua tendo o destino de outros grandes autores, como Dostoiévski: muito citado e pouco lido. Pois que descubra-se o continente Lima Barreto.

2 comentários:

  1. Excelente! A Flip pode dar a ele o reconhecimento merecido,aqui e lá fora, inda que tardio.

    ResponderExcluir
  2. Concordo de pleno com a proposta e, pelo visto, já vamos em mais de mil! O Lima tinha uma pena de aço, seus escritos merecem, e sempre merecerão, até bem mais que essa homenagem. Trata-se, ao menos, de algum reconhecimento, pelos brasileiros, por tão grande escritor. De fato, excelente!

    ResponderExcluir

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.