29 de dez de 2017

os mais belos contos norte-americanos



Um levantamento muito útil. de John E. Englekirk: Os mais belos contos norte-americanos. Vecchi, 1945, 322 p. Contém: 
  • Sherwood Anderson, “Sementes” (“Seeds”). Trad. J. da Cunha Borges;
  • Stephen Vincent Benet, “O diabo e Daniel Webster” (“The devil and Daniel Webster”). Trad. J. da Cunha Borges;
  • Louis Bromfield, “A alegre Bessie” (“Good time Bessie”). Trad. Frederico dos Reys Coutinho;
  • Pearl Buck, “Elinora.” Trad. Edison Carneiro;
  • Erskine Caldwell, “Postrai-vos ante o sol nascente” (“Kneel to the rising sun”). Trad. Alfredo Ferreira;
  • Willa S. Cather, “Uma vesperal de Wagner” (“A Wagner matinee”). Trad. J. da Cunha Borges;
  • E. E. Cummings, “Jean le Nigre.” Trad. Alfredo Ferreira;
  • James Oliver Curwood, “Kazan.” Trad.Alfredo Ferreira;
  • John Dos Passos, “Dia de gracas” (ThanksgivingDay ?). Trad. Alfredo Ferreira;
  • Theodore Dreiser, “O desaparecimento de Febe” (“The lost Phoebe”). Trad. J. da Cunha Borges;
  • William Faulkner, “Desceu o sol” (“That evening sun go down”). Trad. J. da Cunha Borges;
  • Edna Ferber, “Mamãe sabe melhor” (“Mother knows best”). Trad. Alfredo Ferreira;
  • Bret Harte, “Os proscritos de Poker Flat” (“The outcasts of Poker Flat”). Trad. Alfredo Ferreira;
  • Nathaniel Hawthorne, “David Swan.” Trad. J. da Cunha Borges;
  • Ernest Hemingway, “Os matadores” (“The killers”). Trad. Alfredo Ferreira;
  • Fannie Hurst, “Culpado!” (“Guilty”). Trad. Alfredo Ferreira;
  • Washington Irving, “Rip Van Winkle.” Trad. Alfredo Ferreira;
  • Sinclair Lewis, “O estudante de sessenta anos” (The sixty-year-old student ?). Trad. Edison Carneiro;
  • Jack London, “O grande silêncio branco” (“The white silence”). Trad. Edison Carneiro;
  • O. Henry, “O quarto mobiliado” (“The furnished room”). Trad. Alfredo Ferreira;
  • Dorothy Parker, “A valsa” (“The waltz”). Trad. Alfredo Ferreira;
  • Poe, “A pipa do amontillado” (“The cask of Amontillado”). Trad. Frederico dos Reys Coutinho;
  • William Saroyan, “O jovem do trapézio volante” (“The daring young man on the flying trapeze”). Trad. Alfredo Ferreira;
  • John Steinbeck, “O pioneiro” (The pioneer ?). Trad. J. da Cunha Borges;
  • James Thurber, “A vida secreta de Walter Mitty” (“The secret life of Walter Mitty”). Trad. Alfredo Ferreira;
  • Mark Twain, “Quando eu era secretário de um senador” (“My late senatorial secretaryship”). Trad. J. da Cunha Borges.

fonte: Englekirk, aqui.

5 comentários:

  1. Saulo von Randow Júnior30.12.17

    A Editora Caravela (Edições Caravela Ltda) lançou um livro sob o mesmo título "Os Mais Belos Contos Norte-Americanos", entretanto, a coleção de contos não é a mesma que a da Editora Vecchi :

    https://sebodomessias.com.br/imagens/produtos/62/621365_331.jpg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que legal isso, saulo, obrigada!

      Excluir
    2. até cito essa edição (1963) nos levantamentos do melville e do hawthornne; tenho de dar uma conferida nos outros.

      Excluir
  2. Prezada Denise,
    hoje de manhã conheci teu site. Espanta-me tamanho cuidado e qualidade no trato das informações. Meu nome é Rosel Soares, sou editor da Casarão do Verbo. Poderia me passar um email para contato? OU me escrever.
    Gostaria de te falar sobre um ou duas coisas. Obrigado. Rosel rosel@casaraodoverbo.com.br

    ResponderExcluir

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.