13 de jul de 2016

"o vento da noite"


o suplemento pernambuco acaba de publicar meu breve artigo sobre o vento da noite, coletânea de poemas de emily brontë traduzidos por lúcio cardoso, lançada em 1944 pela coleção rubaiyát da josé olympio, e relançada agora pela civilização brasileira. o artigo está disponível aqui.

5 comentários:

  1. Anônimo24.10.16

    denise

    a hipotese de lucio
    ter tido contato
    com a poesia da emily
    e com o livro lançado em
    23 é completamente factivel

    e endosso.

    talvez voce nao saiba
    mas existe um catalogo
    editado em 89

    vide:
    : Inventário do Arquivo Lúcio Cardoso. Organização de Rosângela Florido Rangel e Eliane Vasconcellos. Apresentação Plínio Doyle. 1989. 120 p. R$ 5,00

    vendido na fundação casa rui barbosa
    http://www.casaruibarbosa.gov.br/interna.php?ID_S=45&ID_M=403

    --------

    eu nao tenho

    mas será que o livro de 1923 [ edição ampliada e refundida, em colaboração entre Shorter e Hatfield, com o título de Complete Poems of Emily Jane Brontë] constava/consta na biblioteca do Lucio????

    -----------

    minha hipotese é além.

    lucio nao so tinha este livro, como leu varias vezes
    e foi fortemente influenciado por sua poesia

    nascido em 12, acredito, que ele tenha lido o livro
    no final da decada de 20/inicio de 30


    O mais interessante [e notável] nisso tudo é que a publicação [apenas em jornal] de seus primeiros poemas [de Lúcio Cardoso] só ocorreram em julho/agosto de 1939, nos ‘Cadernos da Hora Presente’, nas paginas 122-129 [“10 poemas de Lúcio Cardoso"], quando ele já tinha 27 anos.

    o seu primeiro livro de poesia só saiu em 1941 [tenho essa ediçao com sua assinatura]
    sendo que o segundo [Novas Poesias]saiu no mesmo ano da tradução, em 1944.
    ---------

    Então fica a grande questão?



    Qual a influência que teve a poesia da Emily brontë também na obra poética do Lúcio
    Cardoso?


    Lúcio Cardoso leu Emily Brontë antes da obra de tradução realizada?



    Este livro, de 1923, tem na biblioteca do Lúcio Cardoso e que foi doada pela sua irmã e que esta preservada na Fundação Rui Barbosa? (vide abaixo:)

    1. Nome: Lúcio Cardoso
    2. Sigla: LC
    3. Doador: Maria Helena Cardoso
    4. Data da doação: a partir de 1972, em diversas etapas.
    5. Equipe responsável: Rosângela Florido Rangel e Eliane Vasconcellos Leitão.
    6. Data de abertura à consulta: dezembro de 1986.
    7. Periodo coberto pela documentação: de 1927 a 1968.
    8. Estado geral de conservação dos documentos: bom
    9. Espécie e quantidade de documentos:
    • 2.490 documentos manuscritos e datilografados (correspondência, originais de livros, poesias, conferências, etc.);
    • 220 documentos impressos (recortes de jornais, folhetos, e outros);
    • 107 documentos iconográficos (fotografias e desenhos).
    10. Organização do arquivo:
    O Arquivo Lúcio Cardoso foi organizado em 11 séries: correspondência; correspondência familiar; correspondência familiar de terceiros; correspondência de terceiros; produção intelectual do titular; produção intelectual de terceiros; documentos pessoais; diversos; documentos complementares; documentos iconográficos; recortes.As séries correspondência, correspondência familiar, correspondência familiar de terceiros e a correspondência de terceiros contêm dossiês por nomes de correspondentes, ordenados alfabeticamente. As séries produção intelectual abrangem trabalhos de Lúcio Cardoso e de terceiros: a do titular está organizada por itens - artigo, conferência, conto, crônica, diário, ensaio, entrevista, novela, poesia, romance, roteiro cinematográfico, teatro, tradução, notas. A de terceiros, em ordem alfabética pelo último sobrenome do autor. A série documentos complementares reúne os que são relativos a homenagens a LC após sua morte. A série documentos iconográficos é composta de desenhos do titular e de outros, uma vez que as fotografias, processadas separadamente, têm catálogo próprio. A série recortes é subdividida em artigos de Lúcio Cardoso e de terceiros, todos ordenados por assunto.

    fonte: [http://www.casaruibarbosa.gov.br/dados/DOC/literatura/lucio_cardoso/fichaTecnica.htm ]

    ***
    abrx

    murilo

    ResponderExcluir
  2. Anônimo24.10.16

    capa da 1 edicao de 41 [que eu tenho]
    José Olympio, 1941. 1ª edição. Tiragem de 500 exemplares em papel buffon especial, numerados e assinados pelo autor. Exemplar nº 334. Encadernação antiga, preservando a capa da brochura

    https://http2.mlstatic.com/poesias-lucio-cardoso-1-edico-assinado-D_NQ_NP_501111-MLB20466625217_102015-F.webp

    ResponderExcluir
  3. Anônimo24.10.16

    https://http2.mlstatic.com/poesias-lucio-cardoso-1-edico-assinado-D_NQ_NP_16527-MLB20123091123_072014-F.webp

    ResponderExcluir
  4. Anônimo24.10.16

    denise

    já sobre o morro dos ventos uivantes e o romance a cronica da casa assassinada
    veja isto:

    Título [Principal]: Justa vingança : uma leitura aproximativa dos romances "Crônica da casa assassinada" e "O morro dos ventos uivantes"
    Título [Outro Idioma]: Fair revenge : an approximative reading of the novels "Crônica da casa assassinada" and "Wuthering Heights"
    Autor(es): Rogério Lobo Sáber
    Palavras-chave [PT]:

    Literatura grega , Vingança - Ficção, Erotismo
    Palavras-chave [EN]:
    Gothic literature , Revenge , Eroticism ,
    Área de concentração: Teoria e Crítica Literária
    Titulação: Mestre em Teoria e História Literári
    Banca:
    Mário Luiz Frungillo [Orientador]
    Alcebíades Diniz Miguel
    Cássia dos Santos

    Resumo: As obras Crônica da casa assassinada e O morro dos ventos uivantes - escritas, respectivamente, pelos autores Lúcio Cardoso (1912-1968) e Emily Brontë (1818-1848) - podem ser lidas como textos que, além de explorarem elementos da estética gótica literária, partilham uma trama que se movimenta a partir dos planos de vingança executados por seus protagonistas Nina e Heathcliff. Em primeiro lugar, desejamos delimitar quais elementos e temas são explorados pelos textos que nos permitem compará-los com os romances pertencentes à literatura noir dos séculos XVIII e XIX. Por fim, prevemos a aproximação de ambos os romances, de maneira que possamos compreender as razões da vingança de cada um dos agentes, os instrumentos utilizados, o modo de execução do plano e, por fim, as consequências do ataque levado a cabo. A aproximação proposta, além de confirmar que os textos podem ser lidos como obras góticas, indica-nos conclusões de ordem filosófica a respeito do tema em estudo (vingança)

    Data de Defesa: 25-02-2014
    Código: 000924687
    Informações adicionais:
    Idioma: Português
    Data de Publicação: 2014
    Local de Publicação: Campinas, SP
    Orientador: Mário Luiz Frungillo
    Instituição: Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Estudos da Linguagem
    Nível: Dissertação (mestrado)
    UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Teoria e História Literária
    Dono: ti_ml
    Criado: 25-09-2014 13:44

    ResponderExcluir
  5. Anônimo24.10.16

    link para download

    http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/zeus/auth.php?back=http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=000924687&go=x&code=x&unit=x

    ResponderExcluir

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.