26 de jun de 2016

hoffmann no brasil, I

o primeiro e.t.a. hoffmann que foi traduzido e publicado no brasil saiu em 1882, pela typographia da livraria americana, de pelotas - o que é a felicidade no jogo (spielerglück, 1820). a tradução é de josé de carvalho portella, que dedicou a tradução e a edição à diretoria da santa casa de caridade de alegrete.

interessante notar que josé de carvalho portella fora o fundador da irmandade da referida santa casa em 1872, e ficou como tesoureiro da instituição. veja aqui.

naturalmente, como um bom hoffmann, o conto é trágico e horroroso, e decerto a intenção de portella era edificante, como uma lição de moral para mostrar os males do vício da jogatina.

não sei se a tradução foi a partir do original - em todo caso, fique registrada a existência de duas traduções francesas naquele então: "bonheur au jeu", de 1836, por henry egmont, e "le bonheur au jeu", de 1866, por xavier marmier.

aliás, consta que fagundes varella deixou inédito um drama em versos, chamado o demonio do jogo, "extrahido dos contos phantasticos d'Hoffmann", diz-nos visconti coaracy (veja aqui).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.