19 de out de 2015

a mulher de trinta anos, edições publicadas no brasil

la femme de trente ans, de balzac, até onde consegui apurar, teve as seguintes edições entre nós, aqui arroladas pela data da primeira edição:

- h. garnier, anônima, 1914
- livraria garnier, anônima, 1922
- civilização brasileira, anônima, 1931
- civilização brasileira (companhia editora nacional), anônima, 1937
- irmãos pongetti, anônima, revista por marques rebelo, 1943
- brand, licenciamento da pongetti, trad. anônima, revista por marques rebelo, 1945
- globo, trad. casimiro fernandes e wilson lousada, 1946
- clube do livro, anônima, 1947
- josé olympio, trad. rachel de queiroz, 1948
- novo mundo, anônima, c. 1954
- tecnoprint, série ouro, trad. [atribuída a] marques rebelo, c. 1965
- bruguera, trad. casimiro fernandes e wilson lousada, c.1970
- círculo do livro, trad. casimiro fernandes e wilson lousada, 1973
- melhoramentos, trad. casimiro fernandes e wilson lousada, 1973
- ed. três, anônima, 1974
- artenova, trad. casimiro fernandes e wilson lousada, 1976
- edibolso, trad. casimiro fernandes e wilson lousada, 1977
- l&pm, trad. paulo neves, 1984
- ediouro, trad. [atribuída a] marques rebelo, 1985
- abril cultural, trad. casimiro fernandes e wilson lousada, 1986
- clube do livro, trad. [atribuída a] josé maria machado, 1988
- nova cultural, trad. [atribuída a] enrico corvisieri, 1995; ver aqui
- martin claret, trad. [atribuída a] pietro nassetti, 1998; ver aqui
- estação liberdade, trad. marina appenzeller, 2000
- nova cultural, trad. [atribuída a] gisele donat soares, 2003; ver aqui
- saraiva de bolso, trad. [atribuída a] marques rebelo, 2013
- martin claret, trad. herculano villas-boas, 2013
- biblioteca azul (globo), trad. casimiro fernandes e wilson lousada, 2013
- companhia/penguin, trad. rosa freire d'aguiar, 2015

n.b.: as duas edições da garnier e as duas edições do clube do livro trazem o título de mulher de trinta anos, sem o artigo. as demais trazem o título de a mulher de trinta anos.

assim, temos ao todo seis traduções brasileiras de a mulher de trinta anos, sendo três no Novecentos e três a partir de 2000. quanto às anônimas, revistas por marques rebelo, atribuídas diretamente a ele e atribuídas a josé maria machado, enrico corvisieri, pietro nassetti e gisele donat soares, foram objeto de outras postagens, reunidas no marcador "la femme de trente ans".


Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.