5 de jul de 2015

traduções de madame bovary no brasil


Gustave Flaubert, Madame Bovary

  • Eloy Pontes, Vecchi, 1944
  • Araújo Nabuco, Livraria Martins, c.1945
  • Genésio Pereira Filho, Melhoramentos, 1950
  • Nair Lacerda, BUP, 1965
  • Sérgio Duarte, Edições de Ouro, 1967
  • Vera Neves Pedroso, Bruguera, 1969
  • Fúlvia Moretto, Nova Alexandria, 1993
  • Ilana Heineberg, L&PM, 2008
  • Mário Laranjeira, 2011, Penguin/Companhia
vale lembrar a fraude da edição publicada pela editora nova cultural, apropriando-se da tradução de araújo nabuco e atribuindo-a a um fictício "enrico corvisieri", com pequenas alterações cosméticas para disfarçar a empulhação.

ver não gosto de plágio, marcador flaubert; templo cultural delfos, aqui.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.