3 de fev de 2015

belas infiéis

saiu mais um número da revista belas infiéis, do programa de pós-graduação em estudos de tradução da unb. disponível aqui.

sua seção "arquivos" traz o levantamento das traduções brasileiras de aleksandr púchkin, de 1933 a 2013, aqui.


Um comentário:

  1. Anônimo26.2.15

    Olá, Denise,
    Desculpe deixar um comentário para isso, mas mandei um e-mail para você e ele voltou.
    Sabe o Skoob, a rede social mais usada por leitores no país? Além de ser rede social, ela se tornou uma IMENSA base de dados de obras publicadas no Brasil. Misteriosamente, quando acrescentamos um livro novo, não há mais o campo para preenchermos com o nome de quem traduziu. A mesma coisa acontece quando pedimos para editar o cadastro de algum livro que já está na base de dados.
    Já falei com eles no tuíter e por email, questionando o problema, mas não tive retorno. Achei um absurdo! Acompanho seu blog há muitos anos e sei que você tem voz ativa, lembro de quando a folha começou a colocar o nome dos tradutores nas resenhas depois de um movimento do blog. Será que você poderia falar com eles de alguma maneira?
    Um abraço, Luis Sérgio Jannini

    ResponderExcluir

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.