20 de jun de 2013

russos no brasil (1900-1950), III

Ivan Turguêniev, 1818-1883 (Ivã, Turgenev, Turgenov, Turguenev, Turguenieff etc.)

Águas da primavera. Trad. Brito Broca e Georges Selzoff. Coleção “Bibliotheca de Auctores Russos”. São Paulo: Cultura, 1932.
Ninho de fidalgos. Trad. Elsie Lessa e Georges Selzoff. Coleção “Bibliotheca de Auctores Russos”. São Paulo: Cultura, 1932.
Um búlgaro. Trad.? Rio de Janeiro: Universal, 1933.
Roudine. Trad. Elias Davidovich. Collecção “Benjamin Costallat”. Rio de Janeiro: Flores e Mano, 1932.
Ássia. Trad. São Paulo: Unitas, c.1934.
Paes e filhos. Trad. Ivan Emilianovich. São Paulo: Cultura Brasileira, 1935. (Reed. Martins, 1941.)
Pais e filhos. Trad. anôn. São Paulo: Clube do Livro, 1943 (provavelmente retomando alguma anterior).
Rudine. Trad. revista por Marques Rebelo. Rio de Janeiro: Pongetti, 1943 (provavelmente retomando a de Davidovich, 1932).
“Ássia”, in Contos russos. Trad. ? Coleção “Colete”, vol. 7. São Paulo: Bolsa do Livro, 1944.
Terra virgem. Trad. Jorge Moreira Nunes. Rio de Janeiro: Panamericana, 1944.
Fumaça. Trad. Jorge Moreira Nunes. Rio de Janeiro: Pongetti, 1945.
Primeiro Amor e Assia. Trad. Edy Maria Dutra da Costa. São Paulo: Assunção, 1946.
Sinaida. Trad. anôn. Coleção Azul. Rio: Aurora, c.1946.
Rudine. Trad. anôn. São Paulo: Clube do Livro, 1947 (provavelmente retomando alguma anterior).
O primeiro amor, O medo, Birouck. Trad. Brito Broca. São Paulo: José Olympio, 1949.









acompanhe as postagens da pesquisa "russos no brasil (1900-1950)" aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.