23 de mar de 2013

zoran ninitch, IV

nessa sequência de apontamentos para uma breve crônica sobre o croata zoran ninitch, estabelecido no brasil desde 1924, apresentei até agora sua iniciativa editorial na machado & ninitch, aqui, suas versões de obras latino-americanas para o iugoslavo, aqui, e um pequeno episódio envolvendo sua pessoa, alfonso reyes e mariano azuela, aqui.

agora passo às traduções de zoran ninitch para o português. concentram-se na maioria entre os anos de 1933 e 1934. localizei as seguintes:

I. publicações sem data:

pela livraria moura, temos de stefan zweig os olhos do irmão eterno, que a casa stefan zweig dá como "edição pirata, início dos anos 1930, provavelmente a primeira obra de SZ em português".



de jakob wassermann, temos pela editora guanabara christovão colombo, o don quixote dos mares, sem data. o worldcat cita 1933 como ano de edição e o arquivo da biblioteca nacional da alemanha cita 1938. não localizei nenhuma referência ao lançamento desse livro em nossa hemeroteca digital para a década de 1930.



II. em 1933:

a primeira tradução brasileira de darwin, a descendência do homem e a selecção sexual, pela livraria editora marisa, em 1933, "edição comemorativa do primeiro centenário da viagem do beagle à américa do sul e às costas do brasil". dispomos de um exemplar em nosso acervo nacional:

Autor:Darwin, Charles Robert, 1809 - 1882.clique aqui para ver as obras deste autor no Catálogo de Autoridades de Nomes
Título / Barra de autoria:A descendencia do homem e a seleção sexual.
Imprenta:Rio, Ed. Marisa, 1933. 
Descrição física:224 p.
Notas:Registro Pré-MARC
Entradas secundárias:Ninitch, Zoran trad.clique aqui para ver as obras deste autor no Catálogo de Autoridades de Nomes 
Classificação Dewey:
Edição:
575.8
Indicação do Catálogo:I-307,3,25 


rasputin e a imperatriz, de val lewton (pseudônimo do ucraniano vladimir ivan leventon), pela editora civilização brasileira, em 1933, com a especificação "única tradução autorizada":



um misterioso o sequestro do capitão sindbad, romance policial de aventuras, de um ainda mais misterioso "dobersav", pela livraria editora marisa, também em 1933. [meu palpite é que se trata de uma pseudotradução, como dizem: isto é, um texto original apresentado como se fosse traduzido.]



também pela livraria editora marisa, temos:

Autor:Vanino, Eugenio.clique aqui para ver as obras deste autor no Catálogo de Autoridades de Nomes
Título / Barra de autoria:As minhas tres mulheres, romance realista.
Imprenta:Rio, Ed. Marisa, 1933. 
Descrição física:209 p.
Notas:Registro Pré-MARC
Entradas secundárias:Ninitch, Zoran trad.clique aqui para ver as obras deste autor no Catálogo de Autoridades de Nomes 
Classificação Dewey:
Edição:
808.831
Indicação do Catálogo:808.831/V258m 


III. em 1934:

Autor:Berzin, Julio.clique aqui para ver as obras deste autor no Catálogo de Autoridades de Nomes
Título / Barra de autoria:100% de amor, volupia e especulação (Amor e especulação no paiz dos soviets) romance.
Imprenta:Rio de Janeiro, Marisa, ed., [1934?] 
Descrição física:175 p.
Notas:Registro Pré-MARC
Entradas secundárias:Ninitch, Zoran trad.clique aqui para ver as obras deste autor no Catálogo de Autoridades de Nomes 
Classificação Dewey:
Edição:
891.73
Indicação do Catálogo:891.73/B553o7 

embora a data seja incerta no cadastro em nosso acervo, creio ser possível afiançar que o livro saiu mesmo em 1934, devido a uma nota dada no diário da noite em 08 de maio daquele ano, anunciando o lançamento.


a seguir temos:

Autor:Kalinikov, Iosif.clique aqui para ver as obras deste autor no Catálogo de Autoridades de Nomes
Título / Barra de autoria:A tragedia sexual de leon Tolstoi.
Imprenta:Rio de Janeiro, Ed. Marisa, 1934. 
Descrição física:370 p.
Notas:Registro Pré-MARC
Assuntos:Tolstoi, Lev Nikolaevich, graf., 1828-1910.clique aqui para ver as obras sob este assunto no Catálogo de Autoridades de Assuntos 
Entradas secundárias:Ninitch, Zoran, trad.clique aqui para ver as obras deste autor no Catálogo de Autoridades de Nomes 
Classificação Dewey:
Edição:
921
Indicação do Catálogo:921/T654/K14t 

e

Autor:Urbantschitsch, Rudolf.clique aqui para ver as obras deste autor no Catálogo de Autoridades de Nomes
Título / Barra de autoria:Biologia pratica (do universo ao ego).
Imprenta:Rio de Janeiro, Marisa, 1934. 
Descrição física:283 p.
Notas:Registro Pré-MARC
Assuntos:Vida.clique aqui para ver as obras sob este assunto no Catálogo de Autoridades de Assuntos 
Entradas secundárias:Ninitche, Zoran.clique aqui para ver as obras deste autor no Catálogo de Autoridades de Nomes
Passos, Alexandre.clique aqui para ver as obras deste autor no Catálogo de Autoridades de Nomes 
Classificação Dewey:
Edição:
111
Indicação do Catálogo:II-411,5,2 


note-se que, das nove traduções de ninitch localizadas até essa data, seis saíram pela livraria editora marisa. isso parece indicar uma colaboração bastante estável. porém, a partir de certa altura de 1934, nota-se uma dispersão entre as casas editoras.

pela calvino filho sai general balbo, uma vida historica, de friedrich andreas fischer von poturzyn.*

pela editora mundial sai a mulher e a paisagem, de stefan zweig, acompanhado por senhor de são francisco, de ivan búnin, que acabara de receber o prêmio nobel de 1933:



pela gráfico-editora unitas, de são paulo, sai mais um livro de stefan zweig, a confusão dos sentimentos:


um dado interessante nessa edição da unitas é que o worldcat apresenta os créditos de tradução não só em nome de zoran ninitch como também no de elias davidovitch:

A confusão dos sentimentos

Autor:Stefan ZweigElias DavidovichZoran Ninitch
Editora:S[ão] Paulo Gráfico-Editora Unitas 1934
é um elemento não insignificante, que será tema específico de outro post. posso adiantar que se refere a aspectos concernentes à tradução e divulgação de freud no brasil.


a seguir temos uma sequência de quatro traduções para a atlântida editora:

Autor:Kerschensteiner, Georg Michael Anton, 1854-1932.clique aqui para ver as obras deste autor no Catálogo de Autoridades de Nomes
Título / Barra de autoria:A alma do educador e o problema da formação do professor.
Imprenta:Rio, Atlantida ed., 1934. 
Descrição física:147 p.
Notas:Registro Pré-MARC
Assuntos:Educadores.clique aqui para ver as obras sob este assunto no Catálogo de Autoridades de Assuntos
Professores, Formação profissional de.clique aqui para ver as obras sob este assunto no Catálogo de Autoridades de Assuntos 
Entradas secundárias:Ninitch, Zoran, trad.clique aqui para ver as obras deste autor no Catálogo de Autoridades de Nomes 
Classificação Dewey:
Edição:
370.7
Indicação do Catálogo:370.7/K39s7/1934 


de hoelzer, elizabeth d'austria (a tragédia do mayerling), atlântida, 1934:



dois stefan zweig em seguida, nietzsche e casanova:

Autor:Zweig, Stefan, 1881-1942.clique aqui para ver as obras deste autor no Catálogo de Autoridades de Nomes
Título / Barra de autoria:Nietzsche.
Imprenta:Rio de Janeiro, Atlantida ed. 1934. 
Descrição física:206 p.
Notas:Registro Pré-MARC
Assuntos:Nietzsche, Friedrich Wilhelm, 1844-1900.clique aqui para ver as obras sob este assunto no Catálogo de Autoridades de Assuntos 
Entradas secundárias:Ninitch, Zoron trad.clique aqui para ver as obras deste autor no Catálogo de Autoridades de Nomes
Magalhães, Roberto.clique aqui para ver as obras deste autor no Catálogo de Autoridades de Nomes 
Classificação Dewey:
Edição:
920
Indicação do Catálogo:I-256,2,7 


Casanova
Autor:
Editora:
Rio [de Janeiro] Atlantida Editora 1934
fonte: worldcat


é em 1934 que zoran ninitch firma sociedade com um certo machado, assim nascendo a machado & ninitch ltda., a qual opera como tipografia e editora. já listei seu catálogo aqui; recapitulando, as traduções de ninitch publicadas na casa são:
  • thomas mann, mario e o mágico;
  • stefan zweig, ocaso de um coração e mystério da rua sem luar
  • mihály babits, o filho de virgilio timár.*

entre as publicações da machado & ninitch, há dois textos de freud, pensamentos sobre guerra e morte o múltiplo interesse da psicanálise. não descobri quem os traduziu. mas o psicanalista gastão pereira da silva cita uma carta de freud dirigida a ele, mencionando as traduções de ninitch. a nos basearmos nela e em outros elementos que apresentarei no post já prometido, é plausível supor que foi ele quem traduziu esses dois textos. transcrevo:
P. – Como era sua correspondência com [Freud]?Dr. Gastão – Vou ler alguns trechos da última carta que recebi dele. “Devo-lhe muito por me haver remetido seu livro anterior, Para compreender Freud, e o mais novo, A psicanálise em doze lições, bem como por todos os esforços que V.Sª. tem feito em prol da psicanálise e também pela sua participação nas traduções que tem feito com seu amigo Dr. Ninitch, introduzindo essa literatura nesse país. O meu nome é, ainda, pouco conhecido no Brasil e somente o seu esforço e de seu amigo Ninitch o tornará mais divulgado.” Depois de se referir ao envio de uma fotografia, diz o mestre: “Relembrando as minhas próprias lutas, com as resistências as mais amargas, desejo-lhe o êxito mais satisfatório. Cordialmente, seu Freud”.

fonte: entrevista concedida em 1984 a marco antonio coutinho jorge, plínio leite dos santos jr. e teresa palazzo nazar, aqui

* segundo declarações de ninitch, essas duas traduções, general balbo e o filho de virgilio timár, darão azo em 1935 a graves entreveros entre ele e alguns setores da numerosa colônia iugoslava residente em são paulo. será tema também de outro post.


IV. em 1935:

cito ainda sua tradução de "o momento heroico", de stefan zweig, que foi publicada no diário carioca em 3 de novembro desse ano, pois será incluída no volume VII das obras completas de zweig, lançadas pela delta em 1960. aqui a parte inicial (continua na página seguinte do jornal):



acompanhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.