18 de dez de 2012

georges selzoff II

agradeço a gutemberg medeiros por ter enviado gentilmente um material excelente sobre a pequena editora de georges selzoff, com sua "bibliotheca de auctores russos", do começo dos anos 30, sobre a qual falei aqui.

eis o logo, superbonitinho e caprichado, usado na contracapa das edições:


guilherme de almeida, quando georges selzoff anunciou que montaria uma editora com f. [?] olandim dedicada à tradução de grandes obras da literatura russa, saudou calorosamente a iniciativa. a saudação de guilherme de almeida foi reproduzida na edição d'os inimigos, pela "bibliotheca de auctores russos". informa gutemberg que foi reproduzida também em outras edições.





note-se como a capa era moderninha, com o desenho das letras no mais autêntico art déco. preciosa também a segunda capa, com a lista dos livros publicados e das obras programadas. das obras "no prelo", creio que apenas águas da primavera chegou a sair. por mais que tenha procurado em arquivos, bibliotecas, imprensa e sebos, não localizei nenhuma referência às outras sete anunciadas na programação.

por outro lado, temos em 1932 ninho de fidalgos, de turguenieff, em provável tradução de elsie lessa.
assim, salvo melhor juízo, tenho para mim que águas da primavera e ninho de fidalgos foram as publicações derradeiras da casa, num total de doze títulos, sendo dez de autores russos e dois de autores brasileiros, colaboradores de georges selzoff: allyrio wanderley e orígenes lessa. ver a respeito o post já citado, aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.