12 de out de 2012

leya: tradução anônima?

a editora leya volta e meia é protagonista de umas confusões em suas traduções (lembrem-se os clamorosos episódios referentes a a guerra dos tronos). elvira serapicos avisa agora que: "O poder da união, da Leya, saiu em agosto; em NENHUM lugar aparece o nome da pessoa responsável pela tradução".



dona leya, a única hipótese em que a sra. pode se dispensar de colocar o nome do tradutor nos créditos e na ficha catalográfica é quando o tradutor PROÍBE expressamente a menção a seu nome. em procedendo a informação acima, foi isso o que aconteceu em o poder da união?

atualização em 14/10: elvira serapicos explica: "Oi, Denise. Só agora vi este post. Acho que fui muito enfática e não me expliquei direito. Minha indignação tem a ver com o fato de a Leya nunca fornecer o nome do tradutor para a divulgação; em todas as livrarias e sites, parece que o livro foi escrito em português.
Quanto aos créditos e ficha catalográfica, não sei dizer porque não vi o livro. Esse é outro hábito da editora. Lançam o livro e não enviam um exemplar, não informam o tradutor. Então, fico sem saber se meu nome consta ou não. Aconteceu a mesma coisa com A menina que não sabia ler. Só tive certeza de que meu nome constava como tradutora quando vi que o livro foi publicado e pedi um exemplar."

atualização em 25/10: elvira serapicos informa: "pedi um exemplar e recebi o livro O Poder da União, que traduzi para a Editora Leya e, por incrível que pareça, meu nome não consta nem da ficha catalográfica. Escreveram apenas: Tradução de As One. Simples assim, sem dizer quem traduziu. Isso não fere a legislação? Pode uma coisa dessas?"

6 comentários:

  1. Eu comentei s isso outro dia, a respeito do "Pequeno Nicolau" novo. Tradução anônima. Mas agora não lembro qual foi a editora.

    ResponderExcluir
  2. Rocco. É esse aqui http://www.travessa.com.br/A_DIVERSAO_DO_PEQUENO_NICOLAU/artigo/4753a3b0-ffd0-45fd-b3c7-3154922c6dd4

    ResponderExcluir
  3. olá, renata. quando vc comentou, eu fui ver, mas não sabia o título. a diversão do pequeno nicolau consta no site da editora em tradução de pedro afonso vasquez. esqueceram de registrar na ficha catalográfica ou na página de créditos? http://www.rocco.com.br/shopping/exibirlivro.asp?Livro_ID=978-85-7980-111-2

    Livro: A DIVERSÃO DO PEQUENO NICOLAU
    Autor: René Goscinny e Jean-Jacques Sempé
    Tradução:Pedro Afonso Vasquez
    ISBN:978-85-7980-111-2
    Páginas:136

    ResponderExcluir
  4. Elvira Serapicos14.10.12

    Oi, Denise. Só agora vi este post. Acho que fui muito enfática e não me expliquei direito. Minha indignação tem a ver com o fato de a Leya nunca fornecer o nome do tradutor para a divulgação; em todas as livrarias e sites, parece que o livro foi escrito em português.
    Quanto aos créditos e ficha catalográfica, não sei dizer porque não vi o livro. Esse é outro hábito da editora. Lançam o livro e não enviam um exemplar, não informam o tradutor. Então, fico sem saber se meu nome consta ou não. Aconteceu a mesma coisa com A menina que não saia ler.Só tive certeza de que meu nome constava como tradutora quando vi que o livro foi publicado e pedi um exemplar.

    ResponderExcluir
  5. Elvira Serapicos25.10.12

    Denise, pedi um exemplar e recebi o livro O Poder da União, que traduzi para a Editora Leya e, por incrível que pareça, meu nome não consta nem da ficha catalográfica. Escreveram apenas: Tradução de As One. Simples assim, sem dizer quem traduziu. Isso não fere a legislação? Pode uma coisa dessas?

    ResponderExcluir
  6. olá, elvira: não, não pode. até onde entendo, fere sim a legislação. você está amparada tanto pelo código civil quanto explicitamente pela LDA:

    Capítulo II

    Dos Direitos Morais do Autor

    Art. 24. São direitos morais do autor:

    I - o de reivindicar, a qualquer tempo, a autoria da obra;

    II - o de ter seu nome, pseudônimo ou sinal convencional indicado ou anunciado, como sendo o do autor, na utilização de sua obra;



    Das Sanções Civis


    Art. 108. Quem, na utilização, por qualquer modalidade, de obra intelectual, deixar de indicar ou de anunciar, como tal, o nome, pseudônimo ou sinal convencional do autor e do intérprete, além de responder por danos morais, está obrigado a divulgar-lhes a identidade da seguinte forma:

    II - tratando-se de publicação gráfica ..., mediante inclusão de errata nos exemplares ainda não distribuídos, sem prejuízo de comunicação, com destaque, por três vezes consecutivas em jornal de grande circulação, dos domicílios do autor, do intérprete e do editor ou produtor;

    http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9610.htm


    no isbn consta o cadastro pela editora texto (do grupo leya), embora com outro título:

    PESQUISA NO CADASTRO DO ISBN

    RESULTADO

    Palavra Pesquisada:

    Todos por um


    ISBN:

    978-85-8178-006-1

    TÍTULO:

    Todos por um

    AUTOR:

    James Quigley

    AUTOR:

    Mehrdad Baghai

    TRADUTOR:

    Elvira Serapicos

    EDIÇÃO:

    1

    ANO DE EDIÇÃO:

    2012

    LOCAL DE EDIÇÃO:

    SÃO PAULO

    TIPO DE SUPORTE:

    PAPEL

    PÁGINAS:

    344

    EDITORA:

    TEXTO EDITORES LTDA

    ResponderExcluir

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.