31 de jul de 2012

a difusão II

como comentei aqui, um dos grandes problemas em obras espúrias, sobretudo quando são livros de estudo, de pesquisa, debate e reflexão, dentro e fora do ambiente universitário, é que acabam adquirindo uma difusão, uma propagação quase exponencial. consultadas e citadas em artigos, ensaios, dissertações, teses; indicadas em bibliografias e programas de cursos; presentes em bibliotecas de instituições de ensino públicas e privadas; muitas vezes oferecidas ou adquiridas em licitações e pregões públicos para escolas e bibliotecas, tais obras ganham uma credibilidade que não lhes cabe e uma permanência ao longo das décadas que dificilmente se extirpa com a mera retirada dos exemplares disponíveis no circuito de distribuição. já comentei inúmeras vezes este problema, e na tag nas escolas vê-se claramente a dimensão que ele adquire.

apontei recentemente dois casos que me parecem bastante graves: lacrimae rerum, de slavoj zizek, e considerações sobre o marxismo ocidental/ nas trilhas do materialismo histórico, de perry anderson. veja aqui. são textos importantes na reflexão contemporânea e merecem atenção.

em vista da boa vontade da editora em apurar o que pode ter acontecido (veja aqui), reforço minha solicitação para que se dedique o máximo empenho ao problema. uma amostra extraída de uma rápida consulta à internet ilustra o que quero dizer:



Ementa - PUC-SP

www.pucsp.br/.../regimes_de_sentido_na_midia_publi...
... Deyan – A linguagem das coisas – Editora Intrínseca – 2010. ZIZEK, Slavoj –Lacrimae rerum – Boitempo Editorial – 2009.

[PDF] 

Ementa-2011-2-IC-Car.. - PPGAV–EBA–UFRJ

www.ppgav.eba.ufrj.br/.../Ementa-2011-2-IC-Carlos-A...
Formato do arquivo: PDF/Adobe Acrobat - Visualização rápida
Lacrimae RerumBoitempo Editorial, São Paulo, 2009.


Imprimir - Portal Ciência & Vida - Filosofia, História, Psicologia e ...

www.revistafilosofia.com.br/ESFI/.../imprime163689.a...
Zizek dá duas pistas interessantes acerca do título de seu livro de ensaios sobre cinema, Lacrimae rerum (Boitempo). No próprio (p.62), ele faz menção à ...


artigo anterior - Portal SESCSP

www.sescsp.org.br/sesc/revista_redirect.cfm?...e...
O filósofo esloveno Slavoj Zizek afirma em Lacrimae Rerum – Ensaios sobre o Cinema Moderno (Boitempo Editorial, 2009) que o tema em Kieslowski se define ...

[PDF] 

A memória em construção.indd

www.brapci.ufpr.br/download.php?dd0=19639
Formato do arquivo: PDF/Adobe Acrobat - Visualização rápida
de NS Rech - 2011 - Artigos relacionados
Letras, 2004. p. 119. ŽIŽEK, Slavoj. Lacrimae Rerum. São Paulo: Boitempo,. 2009. 


Cinema e psicanálise: os sinthomas hitchcockianos « Revista ...

www.ufscar.br/rua/site/?p=11750
15 maio 2012 – ... wanted to know about Lacan (but were afraid to ask Hitchcock). Londres: Verso, 2002. _____. Lacrimae rerum. São Paulo: Boitempo, 2009.

[PDF] 

INTELECTUAL DE AICE: MÉTODO VALÉRY-DELEUZE

www.ufrgs.br/pos/oferta/Sumulas.../Sandra_PPE.pdf
Formato do arquivo: PDF/Adobe Acrobat - Visualização rápida
de PSM CORAZZA - Artigos relacionados
Paris: Belin, 1999. ZIZEK, Slavoj. Lacrimae rerum: ensaios sobre cinema moderno. (Trad. Isa Tavares e Ricardo Gozzi.) São Paulo: Boitempo, 2009.


Psicologia & Sociedade - The fetish of the autonomous self ...

www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102...script=sci...
de IA Fontenelle - 2010 - Artigos relacionados
Lacrimae Rerum: ensaios sobre cinema moderno. São Paulo: Boitempo

[PDF] 

II JORNADA DISCENTE PPGMPA – USP

www.pos.eca.usp.br/.../a_memoria_das_formas.pdf
Formato do arquivo: PDF/Adobe Acrobat - Visualização rápida
de AMDAS FORMAS - Artigos relacionados
14 out. 2011 – ... maneira certa de fazer o remake de um filme?”, in. _____. Lacrimae rerum: ensaios sobre cinema moderno, São Paulo: Boitempo, 2009, pp.

[PDF] 

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE ...

www.pgletras.uerj.br/.../MLLI2012_1_MariaCMonteir...
Formato do arquivo: PDF/Adobe Acrobat - Visualização rápida
de C da Disciplina - Artigos relacionados
O real e seu duplo. Rio de Janeiro: José Olympio, 1985. ZIZEK, Slavoj. Lacrimae Rerum; ensaios sobre cinema moderno. São Paulo: Boitempo,. 2009.


A aceleração do tempo rompe os laços - EBPSP

ebpsp.org.br/ebpsp/publier4.0/texto.asp?id=482
Zizek, S. Lacrimae rerum. Ensaios sobre cinema moderno. Tradução Isa Tavares e Ricardo Gozzi. São Paulo, Boitempo, 2009. 

[PDF] 

Uma casa de bonecas no meio do mundo - Thays Pretti

anais.jiedimagem.com.br/pdf/2332.pdf
Formato do arquivo: PDF/Adobe Acrobat - Visualização rápida
2011. ŽIŽEK, Slavoj. Como Ler Lacan. Rio de Janeiro: Zahar, 2010. ______. Lacrimae rerum: ensaios sobre cinema moderno.São Paulo: Boitempo, 2009.

[PDF] 

O FETICHE DO EU AUTÔNOMO: CONSUMO RESPONSÁVEL ...

www.scielo.br/pdf/psoc/v22n2/02.pdf
Formato do arquivo: PDF/Adobe Acrobat - Visualização rápida
de IA Fontenelle - 2010 - Citado por 3 - Artigos relacionados
16. Zizek, S. (2008). A visão em paralaxe. São Paulo: Boitempo. Zizek, S. (2009).Lacrimae Rerum: ensaios sobre cinema mo- derno. São Paulo: Boitempo.

[PDF] 

Imagem-Movimento de AICE (Autor-Infantil-Currículo - UFRGS

www.ufrgs.br/faced/pos/oferta/...1/Sandra_SA.pdf
Formato do arquivo: PDF/Adobe Acrobat - Visualização rápida
Paris: Belin, 1999. ZIZEK, Slavoj. Lacrimae rerum: ensaios sobre cinema moderno. (Trad. Isa Tavares e Ricardo Gozzi.) São Paulo: Boitempo, 2009.

[PDF] 

O receptor subjetivo Introdução

confibercom.org/anais2011/pdf/115.pdf
Formato do arquivo: PDF/Adobe Acrobat - Visualização rápida
de F Sanchez - Artigos relacionados
18 mar. 2010 – Caxias do Sul: Educs, 2010, pp 169-181. ZIZEK, Slavoj. Lacrimae Rerum – Ensaios Sobre Cinema Moderno. São Paulo: Boitempo Editorial.

Programa de Estudos Pós Graduados em Comunicação e - PUC-SP

www.pucsp.br/pos/cos/.../oscar_angel_1_2012.html
... no mundo da arte – Agir - 2010. TÜRCKE, Christoph – Sociedade excitada – UNICAMP – 2010. ZIZEK, Slavoj – Lacrimae rerum – Boitempo Editorial – 2009.


  • [PDF] 

    ARTES CÊNICAS ARTES VISUAIS

    orquestra.ia.unesp.br/.../Aquisicoes/04-Abril.pdf
    Formato do arquivo: PDF/Adobe Acrobat - Visualização rápida
    Novas Aquisições – Abril de 2011. ARTES CÊNICAS. ZIZEK, Slavoj. Lacrimae rerum: ensaios sobre cinema moderno. São Paulo: Boitempo, 2009. 791.43. Z82l ...


    Anais - 15º Encontro Socine

    www.socine.org.br/anais/2011/interna.asp?cod=453Compartilhar
    Mas afinal o que é documentário? São Paulo: SENAC, 2008. ZIZEK, Slavoj. Lacrimae rerum; ensaios sobre cinema moderno. São Paulo: Boitempo, 2009.

    [PDF] 

    p. 1740 - Capa - UDESC

    www.eventos.faed.udesc.br/index.php/.../paper/.../138
    Formato do arquivo: PDF/Adobe Acrobat - Visualização rápida
    VOVELLE, M. Ideologia e mentalidades. São Paulo: Brasiliense, 1987. ZIZEK, S.Lacrimae rerum: ensaios sobre o cinema moderno. São Paulo: Boitempo ...

    [PDF] 

    Cinema e Psicanálise - UFSCar

    www.ufscar.br/.../Dossie-RUA-cinema-e-psicanalise.pd...
    Formato do arquivo: PDF/Adobe Acrobat
    de MF Moraes - 2012
    Everything you always wanted to know about Lacan (but were afraid to ask. Hitchcock). Londres: Verso, 2002. ______. Lacrimae rerum. São Paulo: Boitempo ...

    [PDF] 

    A ÁFRICA NAS TELAS - XXVI Simpósio Nacional de História

    www.snh2011.anpuh.org/.../1300847868_ARQUIVO_...
    Formato do arquivo: PDF/Adobe Acrobat - Visualização rápida
    de M MELO - Artigos relacionados
    STAVANS, Ilan. O que é civilização? São Paulo: Editora Nobel, 2004. ŻIŻEK, Slavoj.Lacrimae Rerum: ensaios sobre cinema moderno. São Paulo: Boitempo...

    [PDF] 

    Revista Habitus – IFCS/UFRJ

    www.habitus.ifcs.ufrj.br/pdf/8_2TRIANA.pdf
    Formato do arquivo: PDF/Adobe Acrobat - Visualização rápida
    de BN da Costa Triana - Artigos relacionados
    ŽIŽEK, Slavoj. Lacrimae rerum: ensaios sobre cinema moderno. São Paulo:Boitempo,. 2009. FILMOGRAFIA ANALISADA. A LIBERDADE é azul (Trois couleurs


  • Um comentário:

    1. Oi, pessoal, sabiam que Zizek foi acusado de plágio recentemente? Vou postar o linque lá no revista cidade sol. Parece bem óbvio, tanto que ele respondeu. Abs do Lúcio Jr.

      ResponderExcluir

    comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.