5 de mai de 2012

sherwood anderson no brasil



gosto muito de sherwood anderson. ontem, lembrando-me dele, fiquei curiosa em saber o que havia de seu no brasil.

I.
o leitor incauto pode achar que a secreta mentira, o livro dos grotescos, a verdade de cada um e winesburg, ohio são obras diferentes (como aconteceu comigo alguns anos atrás, daí resultando comprar algo que eu já tinha). não, as quatro correspondem ao mesmo winesburg, ohio (1919).

três delas trazem a mesma tradução, feita a quatro mãos por james amado e moacyr werneck de castro:

- a secreta mentira, globo, 1950:



- a verdade de cada um, cultrix, 1967:

A verdade de cada um

- winesburg, ohio, l&pm, 1987:




a outra tradução é de constantino paleólogo, publicada em 1952 pela revista branca (efêmera editora que, como já comentei em outra postagem, tinha coisas muito interessantes):




II.
na famosa coletânea organizada por vinícius de moraes, norte-americanos: antigos e modernos, que saiu em 1945 pela editora leitura, há o conto "a outra mulher" ("the other woman", da coletânea the triumph of the egg, de 1921), traduzido por décio de almeida prado. (imagem de capa fornecida por josélia aguiar.)


esse conto foi reeditado em 1963 na antologia contos norte-americanos da bup. a coletânea toda tem saído pela ediouro, com o título de contos norte-americanos: os clássicos.

em 1950, temos "história de um homem" na antologia contos norte-americanos, org. jacob penteado, sem créditos de tradução.


em 1958, sai "mãos" em maravilhas do conto norte-americano, pela cultrix, para variar sem crédito de tradução. "mãos" faz parte do ciclo de contos de winesburg, ohio. não me parece impossível que a cultrix tenha usado uma das duas traduções acima citadas.



também em 1958, na coletânea de obras-primas do conto norte-americano organizada por sérgio milliet e publicada pela livraria martins editora, consta o conto "uma boa menina" - não sei a qual conto de anderson corresponde e, entre a profusão de nomes de tradutores do volume, fica difícil saber quem traduziu o quê.



ainda em 1958, "a força de deus" sai em tradução de aurélio buarque de hollanda e paulo rónai, publicada em "conto da semana", coluna semanal que ambos, ora juntos, ora alternadamente, mantinham no diário de notícias (ver zsuzsanna spiry, aqui). atualmente encontra-se no vol. X da antologia mar de histórias, pela nova fronteira.



em 1967, na coletânea 7 novelas clássicas, com tradução de márcio cotrim e outros, pela imago/ lidador, sai o conto "o homem que virou mulher":



a editora curitibana l-dopa anuncia em seu site mais um winesburg, ohio e uma outra mulher, agora para 2012, mas ainda não divulgou o nome do(s) tradutor(es).


sherwood anderson escreveu tanto e sua obra é tão pungente que acho que mereceríamos mais coisas dele no brasil. para mim, uma reencarnação de sua prosa tão brutalmente lírica, em outra linguagem, é paris, texas ou qualquer roteiro ou interpretação de sam shepard.

atualização em 15/7/2016: veja-se também "Sherwood Anderson - realismo e sensibilidade", de elfi kürten fenske, aqui.

3 comentários:

  1. Oi Denise, li recentemente o conto Hands e algumas imagens não me saem da cabeça. gostei muitíssimo. Concordo com você, Sherwood Anderson merece ser mais lido entre nós.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo6.4.14

    Olá Denise,acabei de ler um conto que,segundo quem me passou é de autoria de Sherwood Anderson.
    O conto se chama TANDY.
    Você sabe me dizer se é um conto dele ou faz parte de alguns de seus escritos?
    Agradeço muito se me responder.



    ResponderExcluir
  3. olá, prezado anônimo - faz parte de winesburg, ohio: http://www.sparknotes.com/lit/winesburgohio/section6.rhtml

    ResponderExcluir

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.