10 de mai de 2012

ralph w. emerson no brasil

ralph waldo emerson, o mestre do transcendentalismo americano e "mentor" de henry d. thoreau, chegou ao brasil em 1940 com a conduta da vida, em tradução de c. m. fonseca, pelas edições e publicações brasil. em 2003 essa tradução foi retomada pela martin claret, com o título de a conduta para a vida.

sem data, mas suponho nos anos 40, a edigraf lança homens representativos, em "tradução revista" por alfredo gomes. essa tradução anônima trafega para a tecnoprint/ ediouro em 1967, mas agora diretamente atribuída a alfredo gomes. à esq., página de rosto da 2a. edição (1960); à dir., ediouro:


em 1948, é publicado um volume chamado inglaterra e sua gente (english traits) em tradução de acácio frança, pela livraria editora progresso, de salvador.   

em 1940, saem excertos seus em o pensamento vivo de emerson, de edgar lee masters, em tradução de ida goldstein, pela livraria martins:

O PENSAMENTO VIVO DE EMERSON

em 1953, sai "caráter" in ensaístas americanos, em tradução de sarmento de beires e josé duarte, pela jackson:


em 1955, os super-homens, pela livraria progresso, sem créditos de tradução:


na verdade, é uma retomada de uma edição da extinta cultura moderna, de c. 1936, que saíra em "tradução revista" por a. roitman:


em 1966, sai um volume de ensaios, com seleção e tradução de josé paulo paes, pela cultrix:



em 1976, aparecem “brama”, “os dias”, “moderação” e “fábula” em poetas norte-americanos, antologia bilíngue com organização e tradução de paulo vizioli, pela lidador, como “edição comemorativa do bicentenário da independência dos estados unidos da américa, 1776-1976”.

em 1994, sai outro volume de ensaios, correspondendo à coletânea original de essays (first series), em tradução de carlos graieb e josé marcos mariani de macedo, pela imago:


em 1996, também pela imago sai uma nova tradução de homens representativos, agora de sônia régis:

Homens Representativos

em 2004, sai uma inacreditável mixórdia de excertos de vários autores, chamada inspirações positivas: a chave do sucesso, pela editora v&r (vergara e riba):

Inspirações Positivas: a Chave do Sucesso

em 2010, sai "thoreau", in walden, apêndice, em tradução minha, pela l&pm:


em 2011, sai natureza, em tradução de davi araújo, pela dracaena:


ainda para 2012, está previsto o lançamento de dois ensaios, "independência" e "amizade", pela l&pm, em tradução minha.


observação: em 2003, a martin claret lançou mais uma de suas traduções espúrias, esta em nome de "jean melville" assinando ensaios numa cópia mal disfarçada das traduções de beires/duarte e graieb/mariani (veja aqui):



para dados mais completos, ver meu artigo "o quinteto da renascença americana no brasil", in cadernos de tradução, v. 35 (1975), ufsc, disponível aqui.

atualização em 24/5/2014: agradeço a sérgio tadeu guimarães santos pelas referências sobre a antologia organizada por paulo vizioli (1976).

atualização em 30/04/2016: agradeço a kim abreu a indicação de "experiência", artigo de emerson publicado em apêndice a esta américa nova, ainda inabordável, de stanley cavell, em tradução de heloísa toller gomes, pela editora 34, 1997.

vide levantamento mais atualizado aqui.

2 comentários:

  1. Deixa eu tirar uma dúvida: a tua tradução de Independência e Amizade saiu?

    Muito bom o blog! Já está nos meus favoritos para futuras pesquisas.

    ResponderExcluir
  2. olá, lucas: incrível, não? neca ainda...

    ResponderExcluir

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.