14 de mar de 2012

o/um jogador

essa novela de dostoiévski é dificilzinha de rastrear. entre as novelas dele, deve ser a mais conhecida entre nós, com dez, doze traduções - nem isso dá para saber com certeza.

I.
bom, comecemos pelo arrojado e idealista russo iúri zéltzov, que achava mais bonito se assinar georges selzoff (veja aqui) e criou a superartesanal "bibliotheca de auctores russos", num estilo de tradução pra lá de simpático: ia lendo e traduzindo na hora o texto russo em seu português estropiado, enquanto brito broca e orígines lessa, jovenzinhos, iam botando num português que prestasse. ele publicou um jogador nessas condições em 1931:



não sei bem como era a relação entre a coleção artesanal georges selzoff e a editora cultura: se era dele, se era uma sociedade ou o quê, mas sua tradução está ali também, e também em 1931:

Clique para ampliar a capa
o subtítulo adotado foi (das notas de um rapaz) igrok

II. em 1943, otto schneider tem sua tradução publicada pela panamericana:

O Jogador - Fiodor Dostoiévski

III.
aí vem costa neves, pela josé olympio, em 1944 (abaixo, capas de 1944 e de 1951):

o subtítulo inicial é (notas de um jovem); em 1954, passa para (das memórias de um jovem)

IV.
em 1945, sai uma edição pelo clube do livro, mas não localizei o nome do tradutor: cabe lembrar que o clube do livro não era muito afeito a publicar traduções próprias. gostava muito de pegar traduções alheias e publicar sem os créditos ou tascando algum crédito indevido. aqui, capa da edição de 1954:

O Jogador - Fedor Dostoiewsky

V.
esta é um mistério. mas está lá em nosso acervo na biblioteca nacional:

Autor:Dostoievskii, Fedor Mikhailovich, 1821-1881.clique aqui para ver as obras deste autor no Catálogo de Autoridades de Nomes
Título / Barra de autoria:O jogador.
Imprenta:Rio, Ed. G. Carneiro [1953]. 
Descrição física:132 p.
Notas:Registro Pré-MARC
Classificação Dewey:
Edição:
890
Indicação do Catálogo:II-401,1,21 

VI.
em 1960, a josé olympio substitui a tradução de costa neves por uma tradução direta do russo, feita por boris schnaiderman:


o subtítulo adotado é (apontamentos de um homem moço).

em 2004, a editora 34 publica essa mesma tradução, revista pelo tradutor:



VII.
em 1963 temos a tradução de natália nunes (e oscar mendes), pela josé aguilar:


que a nova aguilar sabiamente publica em 1976 em volume separado, acrescido de noites brancas (aliás, devia fazer isso com toda a sua obra completa de dostoiévski):



VIII.
outra meio misteriosa, pela bloch edições, sem data (mas, pela capa, parece dos anos 60). a tradução é de reynaldo ramos bairão:




interpolação:

a editora 3 costumava licenciar traduções (tenho o palpite de que é a de otto schneider). aqui sua edição lançada em 1974:



IX.
a tradução de moacyr werneck de castro sai pela civilização brasileira em 1976:


traz o subtítulo de (do diário de um jovem)

essa tradução é licenciada para a bertrand brasil algumas vezes desde 1986:

O Jogador - Dostoievski - Editora Bertrand

X.
pelo clube do livro sai uma tradução de tadeu louzado em 1986:


XI.
uma tradução de pedro gambarra sai nos anos 80 pela graphos, aqui em capa de 2004, na coleção clássicos gamma:

Livro - Clássicos Gamma - Dostoiévski E Tchecov

XII.
em 1998, sai a tradução de roberto gomes pela l&pm:


traz o subtítulo de (do diário de um jovem)

XIII.
esta aqui é outro mistério. consegui apenas a imagem de capa; não localizei editora, ano, tradutor, nada. parece revistinha de banca de jornal.*

O Jogador Fiódor Dostoiévski Clássico Da Literatura Russa

XIV.
em 2000, a editora martin claret lança mais uma de suas pretensas traduções em nome de pietro nassetti. o exemplar em nosso acervo da biblioteca nacional é de 2006. sobre essa fraude (plagiando a tradução de costa neves), veja aqui.

Autor:Dostoievski, Fiodor,clique aqui para ver as obras deste autor no Catálogo de Autoridades de Nomes 1821-1881.
Título / Barra de autoria:O jogador / Dostoiévski ; tradução: Pietro Nassetti. -
Imprenta:São Paulo : M. Claret, 2006. 
Descrição física:173p. ; 19cm. -
Série:(A obra-prima de cada autor ; 31)
Notas:Tradução do original em russo.
ISBN:8572322973 (broch.)
Assuntos:Ficção russa.clique aqui para ver as obras sob este assunto no Catálogo de Autoridades de Assuntos 
Entradas secundárias:Nassetti, Pietro.clique aqui para ver as obras deste autor no Catálogo de Autoridades de Nomes 
Classificação Dewey:
Edição:
891.73
22 
Indicação do Catálogo:VI-411,5,32 
Registro Patrimonial:1.135.521 DL 08/03/2006 
Sigla do Acervo:DRG 

XV.
finalizando, algo totalmente obscuro: uma menção passageira a o jogador pela ordipra: sem ano, sem nada. vai saber... em todo caso, fica o registro.

se localizar maiores informações, acrescentarei.

acompanhe a pesquisa sobre as traduções de dostoiévski no brasil aqui 

* ver uma interessante atualização aqui.


5 comentários:

  1. Havia uma edição de Memórias do subsolo pela círculo do livro (?), capa dura. A capa era branca com uns detalhes rosas.
    Havia também, nos anos 90 aquela coleção vendida em bancas de revista com capa vermelha, paperback, pela abril cultural (Os irmãos karamázov)
    Talvez estas seja apenas reedições desta traduções mais antigas
    De quem era a tradução?

    ResponderExcluir
  2. olá, ranieri:

    memórias do subsolo pelo círculo do livro está em tradução de ruth guimarães. comentei algo aqui: http://naogostodeplagio.blogspot.com.br/2010/09/perplexidades-i.html

    irmãos karamázov pela abril é na tradução da natália nunes e oscar mendes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, ambas eram licenciamentos de traduções anteriores, publicadas em outras editoras. ruth guimarães pela cultrix (e ediouro); natália nunes com oscar mendes pela aguilar.

      salvo no início, o círculo do livro não tinha traduções próprias; a abril idem - ambos trabalhavam com licenças de uso, tal como a clássicos abril de agora e a biblioteca folha.

      Excluir
  3. Denise, a respeito dessa nova edição da martin claret? Alguma informação http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=42111645&sid=62043422015710601101172746

    ResponderExcluir
  4. ah! não conhecia, obrigada por avisar :-)

    ResponderExcluir

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.