14 de mar de 2012

os possessos/os demônios

agora um levantamento mais simples, com quatro traduções no brasil.

I. em c. 1943, a panamericana lança os possessos em tradução de augusto rodrigues, muito provavelmente a partir da tradução francesa de victor derély, les possédés.



agradeço muitíssimo a alex quintas de souza pelas imagens de capa e página de rosto.


II.
em 1951, sai a tradução de rachel de queiroz, os demônios, em três volumes, pela josé olympio (pelo francês):



III. em 1963, a tradução de natália nunes (e oscar mendes) pela josé aguilar, no vol. 3 da obra completa  (pelo espanhol):



IV. em 2004, sai a tradução de paulo bezerra, a única direta do russo, pela ed. 34:


há quem fale em os possuídos - talvez tendo em mente o inglês the possessed ou mesmo o francês les possédés -, mas não encontrei nenhuma edição com esse título.

acompanhe a pesquisa sobre as traduções de dostoiévski no brasil aqui  


Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.