13 de set de 2011

jane eyre, o cotejo II

sodré viana:

"Sangram-me os pés. E sinto-me cansada.
A estrada é longa e os montes são agrestes.
Breve, uma noite fúnebre, sem luar,
Virá tingir a estrada da orfãzinha.

Por que me exilam, tão distante e só,
Nos fundos tremedais, nas rochas tristes?
Homens maus... A doçura dos arcanjos
Vela pela jornada da orfãzinha.

Agora, longe e branda, a aragem sopra.
O céu está limpo e tem estrelas meigas.
A bondade de Deus unge de amparo
E conforto e esperança a orfãzinha.

Que eu tombe atravessando a ponte em ruínas,
Que os pirilampos me arremessem aos charcos:
Meu Pai, ciciando bênçãos e promessas,
Há de acolher em Si a orfãzinha.

Idéia cuja força me conforta,
Sensação de carinho e de amizade:
O céu é um lar onde terei descanso,
Porque Deus é amigo da orfãzinha."

waldemar rodrigues de oliveira:

"Sangram-me os pés. E sinto-me cansada.
A estrada é longa e os montes são agrestes.
Breve, uma noite fúnebre, sem luar,
Virá tingir a estrada da orfãzinha.

Por que me exilam, tão distante e só,
Nos fundos tremedais, nas rochas tristes?
Homens maus... A doçura dos arcanjos
Vela pela jornada da orfãzinha.

Agora, longe e branda, a aragem sopra.
O céu está limpo e tem estrelas meigas.
A bondade de Deus unge de amparo
E conforto e esperança a orfãzinha.

Que eu tombe atravessando a ponte em ruínas,
Que os pirilampos me arremessem aos charcos:
Meu Pai, ciciando bênçãos e promessas,
Há de acolher em Si a orfãzinha.
Idéia cuja força me conforta,
Sensação de carinho e de amizade:
O céu é um lar onde terei descanso,
Porque Deus é amigo da orfãzinha."

original:


“My feet they are sore, and my limbs they are weary;
   Long is the way, and the mountains are wild;
Soon will the twilight close moonless and dreary
   Over the path of the poor orphan child.
Why did they send me so far and so lonely,
   Up where the moors spread and grey rocks are piled?
Men are hard-hearted, and kind angels only
   Watch o’er the steps of a poor orphan child.
Yet distant and soft the night breeze is blowing,
   Clouds there are none, and clear stars beam mild,
God, in His mercy, protection is showing,
   Comfort and hope to the poor orphan child.
Ev’n should I fall o’er the broken bridge passing,
   Or stray in the marshes, by false lights beguiled,
Still will my Father, with promise and blessing,
   Take to His bosom the poor orphan child.
There is a thought that for strength should avail me,
   Though both of shelter and kindred despoiled;
Heaven is a home, and a rest will not fail me;
   God is a friend to the poor orphan child.”

.

atualização em 16/2/12 - obs.: estes são apenas alguns exemplos a título ilustrativo, extraídos de um extenso cotejo feito entre as traduções, com outras traduções e com o original. veja aqui.



Um comentário:

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.