4 de abr de 2011

fatos, realidades etc.

.
em janeiro de 2009, a partir de indicações dadas por uma leitora de jane austen, apontei uma flagrante irregularidade na edição de persuasão, da editora landmark. resumidamente, a autoria da tradução publicada pela landmark vinha atribuída a fábio cyrino, diretor editorial da empresa. no entanto, ela se afigurava quase idêntica, inclusive nos erros e gralhas de impressão, à tradução de isabel sequeira, publicada pela editora europa-américa de portugal. expus a questão aqui.

em fevereiro de 2010, recebi a citação de uma ação judicial movida pela editora landmark e o sr. fábio cyrino, pleiteando remoção imediata do blog e uma indenização de quatrocentos salários mínimos por danos materiais e morais. a editora reiterou na imprensa, por meio de seu advogado, que tinha ingressado com a ação porque minhas denúncias estariam "totalmente desgarradas da realidade fática, razão pela qual não existe qualquer cabimento quanto a acusação de plágio" (aqui). o processo se encontra em andamento.

logo a seguir, em generosa mostra de solidariedade, foi criado um manifesto em defesa da luta contra os plágios de tradução, que se encontra aqui.

agora em 2011, pelo que vejo, a editora landmark parece ter admitido a real realidade dos fatos, passando a reconhecer a verdadeira autoria da tradução de persuasão.

em recente cadastramento da obra persuasão em formato ebook junto à agência brasileira do isbn, na fundação biblioteca nacional, a editora landmark incluiu o devido crédito da tradução a isabel sequeira. cabe notar que o nome de fábio cyrino agora consta como coautor da tradução: como aparentemente o ebook é uma réplica digital da edição impressa de 2007, a responsabilidade de fábio cyrino nessa coautoria talvez diga respeito às leves alterações na tradução portuguesa de isabel sequeira, quando foi publicada em livro em seu nome.


a ficha do cadastro oficial da obra se encontra aqui.

captura de tela: jane austen em português.
.

13 comentários:

  1. Denise, parabéns pela incansável luta!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela vitória, Denise!

    ResponderExcluir
  3. obrigada, adriana.

    prezada cláudia, o processo está em andamento e cabe ao juiz decidir sobre o mérito da questão. mas esse fato parece indicar que a editora reconhece que minhas alegações não estavam propriamente desgarradas da realidade.

    ResponderExcluir
  4. Denise,

    Será esta a realidade fática mencionada nos autos? Aguardemos.

    Reproduzi seu post no Jane Austen em Português com todos os links para o não gosto de plágio.

    abs

    ResponderExcluir
  5. olá, raquel: pois é, aguardemos. cuidado com links... como neste caso em que você e jane austen em português também acabaram sofrendo ação judicial movida pela landmark e sr. fábio cyrino, por ter compartilhado o link do post do nãogosto sobre o caso persuasão.
    abraço
    d.

    ResponderExcluir
  6. Denise,

    estou me baseando no que o juiz determinou, ou melhor, "não determinou publicidade restrita", conforme consta nos autos. E na internet só temos um meio de mostrar os fatos de maneira coerente e justa com o leitor, indicando tudo que possível por meios de links, que são na minha opinião, como as notas de rodapés de livros, revistas e jornais.

    E assim como você, creio firmemente na liberdade de expressão.

    ResponderExcluir
  7. Dá-lhe, Denise! Bravo!
    Eugênio V. de Moraes

    ResponderExcluir
  8. Enfiaram a realidade fática entre as pernas!

    ResponderExcluir
  9. Denise, seu trabalho já está famoso no curso de tradução no qual trabalho. Os alunos todos já estão "espertos"! Parabéns! É uma verdadeira glória neste país de "metralhas" em que a gente vive podermos ver a justiça "realmente ser FEITA"!!
    Abraços!
    Fátima Abbate

    ResponderExcluir
  10. Parabéns Denise!!
    Abração Cadu!

    ResponderExcluir
  11. Não duvido de nenhuma vitória sua, possível ou impossível.

    (você não está vendo, mas eu me reclinei em contrição e bati palmas para você em um salão cheio de admiradores que começam a se mover na mesma direção apontada por ti.)

    ResponderExcluir
  12. querida Denise,
    parabéns, pela coragem e pela persistência... continue, estamos com você contra esses plagiadores baratos... abrço forte

    ResponderExcluir
  13. Graças a Deus. estamos vendo que vale a pena lutar.
    Parabéns pelo empenho e pela vitória.

    Stella Machado

    ResponderExcluir

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.