17 de dez de 2010

lendo walden, XIII

.
Em Walden são infindáveis as menções às várias ervas, líquens, fungos, arbustos, árvores, às vezes com descrição detalhada de suas folhas, flores e frutos. Uma parte da coleção botânica de Thoreau, que começou a montá-la de maneira sistemática a partir de 1850, hoje se encontra no Herbário da Universidade de Harvard  (onde havia cursado história natural e botânica), devidamente classificada. Vale a pena uma visita ao site.


Aqui o Acer spicatum, ou bordo da montanha, nativo da região nordeste dos Estados Unidos, que Thoreau colheu nas matas do Maine em 1853.

imagem: the henry david thoreau herbarium
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.