18 de set de 2010

coleção folha: variedades

.
murilo bussab, diretor da folha e responsável pela coleção "livros que mudaram o mundo", explicou que foi contratada uma empresa luso-espanhola especializada em coleções, chamada levoir, para esse projeto. o site http://www.levoir.pt/ está em construção, mas na net encontra-se a notícia de que a levoir (ou ad astra et ultra marketing e conceitos multimédia s/a), de oeiras, portugal, havia desenvolvido o projeto dessa coleção para o jornal o público de lisboa, que a lançou em fevereiro, em comemoração a seus 20 anos de existência. o projeto para a coleção folha segue o mesmo perfil e conceito, com algumas diferenças de títulos (p.ex., a versão portuguesa traz hamlet, mas não a metafísica dos costumes). ver também aqui.

hoje comprei o volume inaugural, a origem das espécies, de darwin, acompanhado pelo segundo volume: maquiavel, o príncipe e outros escritos.


sobre o volume de darwin, o que eu tinha a dizer já disse: veja aqui. é uma pena. admira-me e lamento que a ad astra ou levoir tenha escolhido para o público uma tradução de portugal (pois suponho que a tenha licenciado junto à lello, que continua a publicá-la até hoje) e outra no brasil para a folha, licenciando-a da hemus, sem se dar conta da fraude. imagino que esse lançamento da folha seja de alta tiragem, o que é meio assustador, em se tratando de uma edição tão ruim e ilegítima.

a título de curiosidade, fui verificar num volume aqui em casa os créditos da "biblioteca folha", ótima coleção lançada em 2003: foi idealizada pela espanhola m.e.d.i.a.s.a.t. e pela brasileira mifano comunicações. por ora, as duas estão dando de mil a zero na levoir/ ad astra.

ao volume de maquiavel dedicarei outro post.
.

2 comentários:

  1. denise, vc pretende comentar as traduções livro à livro? pergunto isso pq algum dos 20 deve se salvar, e pelo preço atrativo, acho q compensaria para os teus leitores saberem quais vc indicaria (no quesito boa tradução).

    ResponderExcluir
  2. caro jefferson, não pretendo não. a fraude é a tradução do darwin.

    ResponderExcluir

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.