2 de jul de 2010

ih, sujou...




apollinaire, "le printemps" ("a primavera"), tradução de milton lins, in pequenas traduções de grandes poetas, p. 25, obra agraciada com o prêmio ABL de tradução 2010.



"o país dos lotófagos", isto é, a ilha dos comedores de lótus (odisseia) virou um lameiro danado onde o povo come lodo?! seu milton, seu milton...

9 comentários:

  1. Estou adorando suas "batidas de tambor". Parabéns!
    Mas não há como negar que lodo é, por vias tortas, a palavra correta para as tais "pequenas traduções"...

    ResponderExcluir
  2. olá, grandes filmes!
    afora que vc fica imaginando de onde saiu aquele barco a vapor nesse cenário...

    ResponderExcluir
  3. Putz, e ele ainda colocou uma nota de rodapé "explicativa". Além de errar feio na tradução, teve o disparate de mentir descaradamente. Onde ele ouviu falar desse país, na África, onde as pessoas comem lodo? Isso é absurdo.

    ResponderExcluir
  4. é, coringa, o cara não sabe, e aí inventa... acho que nunca leu a odisseia. e é bonita a história dos lotófagos: como o lótus teria virtudes narcóticas, as pessoas ficavam lá na boa, só no langor e nos prazeres: por isso apollinaire fala em "colher novos amores e flores da primavera". ulisses e seus companheiros ficaram lá uns dois anos, esquecidos da vida.

    ResponderExcluir
  5. Absurdo! A ABL deve achar que tradução é qualquer coisa mesmo, lamentável!!!

    ResponderExcluir
  6. Jander2.7.10

    ele deve ter cheirado muita flor de lótus pra fazer essa tradução; mas o resultado de tudo isso foi 'puro' lodo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha! tipo um chá de lírio daqueles bem caprichados ;-)

      Excluir
  7. Ou o cara confundiu esse país com a pátria amada, ou foi inventivo pois lótus gosta de lodo (e os lotófagos da Odisséia ficavam lá, atolados na curtição, esquecidos da vida, com a boca suja de lodo).

    ResponderExcluir
  8. é, graf, deve ser uma tradução por metonímia (continente pelo conteúdo, quiçá?). juro que achei que era por afasia ;-)

    ResponderExcluir

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.