28/05/2010

ainda moby

depois de ter publicado o post baleia à vista, encontrei um artigo bem legal de gabriel perissé, cotejando o começo do capítulo 86 de moby dick nas três traduções (berenice, péricles e irene/alexandre). gabriel lembra também a adaptação de monteiro lobato (1935). veja aqui epopeia em alto-mar.


gregory peck, insuperável como capitão ahab (moby dick, 1956)

quanto às pseudotraduções de moby dick publicadas pelas editoras martin claret, germape e cedic, ver:

2 comentários:

  1. Hrick9229.5.10

    Confesso que descobri o seu blog por acaso, na procura de uma tradução decente de A Volta do Parafuso. E qual não foi a minha surpresa ao ver(de relance) os outros posts acerca do plágio da tradução. Fiquei abismado com o que eu descobri sobre a editora Martin Claret ("tradutores" de obras de Machado de Assis, como assim?). Agora eu serei bem mais crítico quanto aos livros internacionais-e nacionais pelo visto- eu escolho. E, aproveitando o ensejo, você me aconselharia alguma tradução de "A Volta do Parafuso"?

    ResponderExcluir
  2. olá, hrick92, pois é, é uma calamidade! não costumo indicar traduções, apenas aponto e alerto contra falsas traduções, e sugiro cautela na hora de comprar títulos de editoras que lançam mão dessas práticas escusas.

    ResponderExcluir

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.