27 de jan de 2010

o insidioso orgulho plagiado

.
mais um caso de involuntária legitimação acadêmica do mais pernicioso delito intelectual, a saber, o plágio - aqui, com a referência a "enrico corvisieri" como pretenso autor da tradução de orgulho e preconceito, na verdade furtada a lúcio cardoso. clique na imagem para ampliar.


Genilda Azeredo,
Jane Austen, adaptação e ironia : uma introdução
(agradeço a ivo barroso pelo aviso e pela imagem)

quando cessará a infiltração das fraudes tradutórias entre os materiais de estudo na academia? e a memória cultural, como preservá-la?

Um comentário:

  1. Denise,
    lá vamos nós... descendo a ladeira...

    ResponderExcluir

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.