26 de fev de 2009

"é chapa fria. vai encarar?"


uma questão de terminologia


imagino uma cena assim: o cliente quer comprar um carro usado. ele pega a documentação do veículo. o carro ali é um, sei lá, um palio verde-escuro, ano 2003, de placa ZZZ-0000. aí ele quer conferir a situação de ipva, de multa etc., numa consulta trivial no site do detran. só que aparece que aquela placa corresponde a um, digamos, beetle amarelinho, ano 2005.

acho que outro termo de comparação possível para os números de isbn, além de carteira de identidade ou cpf de pessoas, é documento de carro, por que não? registro obrigatório por lei, sob um número único e exclusivo, em instância pública federal, com validade em todo o território nacional, que só pode ser atribuído por agências expressamente designadas para tal fim a um ser ou objeto cujas características devem corresponder à descrição que consta em seu cadastro.

então agora vou adotar o termo "chapa fria" para designar números falsos ou inexistentes de isbn ou com dados divergentes dos que constam no livro impresso.

título e imagem: www.pandemoniocarioca.globolog.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.