20 de jan de 2009

retificação

procedo hoje a uma retificação: o nome de carolina caires coelho foi excluído da lista das pessoas que assinam plágios, e nos respectivos cotejos da obra em questão passam a constar apenas os nomes das editoras.

embora apareça como responsável pela tradução de o morro dos ventos uivantes, tanto na ficha catalográfica quanto na página de créditos do exemplar impresso da editora landmark, informa carolina caires coelho que seu contrato com a referida editora foi exclusivamente para a revisão de texto.

tendo utilizado indevidamente o nome de sua colaboradora nos créditos de tradução, caberia à editora vir a público e expor as razões para o fato. caberia também a retirada imediata dos exemplares em circulação, uma errata para as livrarias, a imprensa e os leitores, além da atribuição dos verdadeiros créditos de tradução. em meu modesto entender, seria também conveniente eximir publicamente a profissional de qualquer responsabilidade pelo plágio.

com a palavra a editora landmark.


4 comentários:

  1. divagações:
    sou diagramadora, aí editor vai lá e me coloca como autora...

    ResponderExcluir
  2. Raphael13.2.11

    Pois é, trabalhei em uma pequena editora em Curitiba, de início como free-lancer. Quando vi - um livro que me foi pedido para redigitar todo, atualizar para o português do Novo Acordo e fazer diagramação básica - apareceu meu nome na CAPA, em letras garrafais, como "coordenador editorial", sendo que passou ao largo de minha competência verificar, por exemplo, questões de direitos autorais e afins.

    ResponderExcluir
  3. olá, raphael: que coisa! complicado, hein?

    ResponderExcluir
  4. Raphael13.2.11

    Caberia processo, naturalmente. Mas qual seria a alegação? Deveria pedir indenização moral? Retirada ods livros de circulação? O que a sua experiência pode me prescrever?

    ResponderExcluir

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.