20 de set de 2008

rodando o mundo (e as editoras)


"assim, este personagem enigmático, o qual só se sabia que era muito amável e dos mais perfeitos cavalheiros da alta sociedade inglesa, sucedeu, ali, a um dos maiores oradores britânicos.

dizia-se que tinha certas semelhanças com byron - na cabeça, pois, quanto aos pés, era irrepreensível - mas um byron de bigode, um byron impassível, capaz de viver mil anos sem apresentar sintomas de velhice.

[...] dirigiu-se logo para a sala de jantar, cujas nove janelas davam para o jardim, já com as árvores douradas pelo sopro do outono. ali tomou lugar à mesa que lhe era habitual e onde já estava posto o serviço de sempre. compunha-se o almoço de entrada, peixe cozido, temperado com molho de primeira qualidade, carne mal assada rica de condimentação, bolo recheado de talos de ruibarbo e de groselhas verdes e um pedaço de queijo - tudo isto regado por excelente chá."

este é um trechinho de a volta ao mundo em oitenta dias, de júlio verne, em tradução de vieira neto, publicada em 1965 pela ed. matos peixoto, às pp. 9 e 19.

eis a réplica fiel da martin claret, às pp. 11 e 18 de sua edição, com a tradução atribuída ao impertérrito pietro nassetti:

"assim, este personagem enigmático, o qual só se sabia que era muito amável e dos mais perfeitos cavalheiros da alta sociedade inglesa, sucedeu, ali, a um dos maiores oradores britânicos.

dizia-se que tinha certas semelhanças com byron - na cabeça, pois, quanto aos pés, era irrepreensível - mas um byron de bigode, um byron impassível, capaz de viver mil anos sem apresentar sintomas de velhice.

[...] dirigiu-se logo para a sala de jantar, cujas nove janelas davam para o jardim, já com as árvores douradas pelo sopro do outono. ali tomou lugar à mesa que lhe era habitual e onde já estava posto o serviço de sempre. compunha-se o almoço de entrada, peixe cozido, temperado com molho de primeira qualidade, carne mal assada rica de condimentação, bolo recheado de talos de ruibarbo e de groselhas verdes e um pedaço de queijo - tudo isto regado por excelente chá."

hoje eu gostaria de ilustrar vividamente a cópia, apresentando em contraste duas traduções de autorias diferentes:

de p. m. v., pela francisco alves, pp. 5 e 13:
"sucedia pois a um dos maiores oradores de que a inglaterra se honra e ufana este phileas fogg, personagem enigmática, a respeito da qual nada se sabia, senão que era pessoa muito elegante, e um dos mais perfeitos gentlemen da alta sociedade inglesa.

dizia-se que tinha grandes parecenças com byron - na cabeça, pois quanto aos pés era phileas fogg irrepreensível -, mas um byron de bigode, um byron impassível, capaz de viver mil anos sem apresentar sintomas de velhice.

[...] phileas fogg dirigiu-se logo para a sala de jantar, cujas nove janelas deitavam para um jardim com muitas e frondosas árvores já douradas pelo sopro do outono. ali tomou lugar à mesa que lhe era habitual e onde o esperava o seu talher. compunha-se o almoço de um hors-d'oeuvre, de peixe cozido temperado com um molho de primeira qualidade, de um rosbife em sangue acompanhado de talos de ruibarbo e de groselhas verdes, e de um pedaço de queijo chamado chester - tudo isso regado por algumas chávenas de chá excelente, de propósito escolhido para a despensa do Reform-Club."

ivan pedro cesar da cunha, pela ed. fase, pp. 7 e 17:

"a vaga aberta pela morte de um dos mais eloqüentes oradores de que a inglaterra se orgulha, fora, assim, preenchida por esta personagem enigmática, de quem nada se sabia a não ser que era extremamente polido e um dos mais brilhantes gentleman [sic] da alta sociedade inglesa.

assemelhavam-no a byron - na cabeça, pois quanto aos pés era mesmo phileas fogg - mas um byron de bigodes e suíças, um byron impassível, capaz de viver mil anos sem envelhecer.

[...] dirigiu-se logo para a sala de jantar. então, sentou-se à mesa habitual, onde já o esperava o serviço de sempre. o almoço compunha-se de entrada, peixe cozido, rosbife mal passado, guarnecido de cogumelos, uma empada com recheio de ruibarbo e groselhas verdes e, por fim, uma fatia de queijo chester - tudo regado com algumas chávenas desse excelente chá expressamente colhido para a despensa do Reform-Club."

atualização em 16/2/12 - obs.: estes são apenas alguns exemplos a título ilustrativo, extraídos de um extenso cotejo feito entre as traduções, com outras traduções e com o original. veja aqui.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.