30 de set de 2008

minc, mec, cultvox

1. MINC
Prezada Sra Denise Bottmann, Em atenção às suas perguntas, datadas de 27 de março de 2008, informamos que:

[...]
3) Portal Domínio Público Não compete ao Ministério da Cultura a gestão do Portal Domínio Público e sim ao Ministério da Educação. Informo que encaminharemos o seu email para o Senhor Marco Antônio Rodrigues responsável pela administração do sítio domíniopublico.gov.br. Segue abaixo o contato do responsável, caso a senhora queira conversar com ele: Sr. Marcos Antônio RodriguesMEC – Telefone (61) 2104-8100
[...]
Atenciosamente,
Marcos Alves de Souza
Coordenador-Geral de Direito Autoral
Ministério da Cultura

2. MEC
Prezada Sra. Denise,
Agradecemos a sua compreensão. Está em curso um projeto de migração das obras já cadastradas no Domínio para para uma base de metadados compatível com outras bases e que dê conta de informações como a identificação dos tradutores. Na verdade, há poucas obras traduzidas no Portal, dadas as especificidades da legislação. Apesar de, na seção "Quero Colaborar", haver menção à possibilidade de colaboração de tradutores, nunca recebemos colaboração desse tipo. Por outro lado, os usuários se queixam quando só disponiblizamos as obras em suas línguas de origem, por isso é dado destaque a obras como as de Dante e as de Shakespeare.
O caso das obras de Shakespeare (respondendo à outra mensagem) é similar ao da Divina Comédia, só que os arquivos, reproduzidos do site Cultvox, ao qual se dá crédito, não incluem mesmo indicação do(s) tradutor(es). Já entramos em contato com o site, buscando esclarecimentos, mas até o momento não obtivemos retorno. A próxima etapa será confrontar as versões do Portal com traduções de domínio público, como as de António Feliciano de Castilho, para tentar identificá-las.

Atenciosamente,
Marco Antonio Rodrigues
Portal Domínio Público
MEC/SEED/DITEC

Denise Bottmann escreveu:
> prezadeo sr. marco antonio rodrigues:> agradeço a informação.> o problema é que, no meu entender, o nome do tradutor deveria constar > já na própria apresentação do título da obra e do nome do autor.> só descobrimos quem é o tradutor fazendo o download da obra, a qual > muitas vezes nem interessaria, visto que as pessoas também costumam > escolher as obras pelo tradutor, e não só pelo autor.> faço a sugestão de passarem a incluir o nome do tradutor logo na > página de apresentação da obra disponível para download.>> atenciosamente,> denise bottmann>> ----- Original Message ----- From: "Dominio Publico" <dompub@mec.gov.br>> To: <dbottmann@uol.com.br>> Sent: Friday, March 28, 2008 12:32 PM> Subject: Re: Fale Conosco - Dominio Publico>>> Prezada Sra. Denise,>> Muitos arquivos que disponibilizamos são originalmente publicados por> outras iniciativas. No caso de A Divina Comédia, a fonte original é o> portal ebooksBrasil, devidamente identificado no arquivo e em nosso> Portal. Quanto ao tradutor, é identificado na segunda página como sendo> José Pedro Xavier Pinheiro (1822-1882). Informações sobre esse> autor/tradutor podem ser obtidas em> http://www.sidie.inf.ufsc.br/bdnupill/Consulta/Autor_nav.php?autor=4724>> Atenciosamente,>> Marco Antonio Rodrigues> Portal Domínio Público> MEC/SEED/DITEC>>> dbottmann@uol.com.br escreveu:>>> Nome: denise bottmann>> E-mail: dbottmann@uol.com.br>> Comentários:>> por favor, de quem é a tradução da divina comédia aqui disponível? >> fico no aguardo e agradeço a atenção denise bottmann>>

Prezada Sra. Denise,Em anexo, a resposta que o Domínio Público recebeu do site Cultvox, que originalmente publica os arquivos de Shakespeare. Como havia antecipado, faremos agora uma triagem dos arquivos traduzidos constantes do acervo do Portal que não tenham identificação do(s) tradutor(es), para pesquisa em acervos físicos sobre a origem dessas versões.

Atenciosamente,
Marco Antonio Rodrigues
Portal Domínio Público
MEC/SEED/DITEC

em anexo a pífia resposta da Cultvox ao MEC:

Caro sr. Marco,
O Cultvox.com recebe livros eletrônicos grátis e agradece a quem colabora.
Não sabemos quem traduz as obras
Obrigado
Leo

4. perante a pifiedade, indaguei e recebi os esclarecimentos da CULTVOX:

Cara sra. Denise,
Qualquer informação adicional, converse com nossa diretora: Ana, 11.34.73.83.48.

Att,
Leo
----- Original Message -----
From: Denise Bottmann
To: Suporte - Cultvox
Sent: Tuesday, April 01, 2008 9:46 AM
Subject: Re: informação
sim, obg, entendi que vocês recebem livros grátis, o que não entendi é porque não se coloca o nome do tradutor. como vocês se precavêem contra eventuais problemas se os colaboradores não informam de onde extraíram a colaboração?
agradeço,
d.

----- Original Message -----
From: Suporte - Cultvox
To: Denise Bottmann
Sent: Tuesday, April 01, 2008 9:43 AM
Subject: Re: informação
Sra. denise,
Como disse, os livros GRÁTIS não são comercializados. A tradução de livros comercializados está creditada no próprio livro.

Att,
Leo
----- Original Message -----
From: Denise Bottmann
To: Suporte - Cultvox
Sent: Tuesday, April 01, 2008 9:38 AM
Subject: Re: informação
bom dia, leo
agradeço a resposta.
e esse procedimento é adotado como correto? mesmo para os livros comercializados? não é possível solicitar aos colaboradores os nomes dos tradutores para evitar suspeitas de pirataria?
denise

----- Original Message -----
From: Suporte - Cultvox
To: Denise Bottmann
Sent: Tuesday, April 01, 2008 8:57 AM
Subject: Re: informação
Cara sra. Denise,
O Cultvox.com recebe livros eletrônicos grátis e agradece a quem colabora. Não sabemos quem traduz as obras

Obrigado
Leo

----- Original Message -----
From: Denise Bottmann
To: suporte.cultvox@uol.com.br
Sent: Friday, March 28, 2008 11:03 PM
Subject: informação
boa noite

gostaria de saber, se possível, qual é a política editorial dos e-books disponibilizados pela cultvox, no que se refere aos direitos autorais das obras e, em caso de obras traduzidas, aos direitos autorais das traduções.
vejo que o texto de freud sobre a histeria, por exemplo, não traz o nome do tradutor. mesmo que a tradução esteja em domínio público, segundo consulta ao MINC e ao portal do domínio público, do MEC, é obrigatória a menção do nome do tradutor.
assim, em vista de ter constatado essa omissão em alguns títulos oferecidos pela cultvox, gostaria de ser esclarecida a este respeito.

agradeço a atenção,
denise bottmann


obs.: material acrescentado em 13 de abril de 2009, para manutenção de arquivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.