12 de jun de 2008

a desmemória é contagiante

este caso de autofagia é engraçado: a ed. nova cultural publicou em 1995 uma tradução muito parecida com a de josé maria machado (anos 1950), atribuindo-a a "enrico corvisieri". depois, em 2003, pegou sua mesmíssima e exatíssima edição de 1995 ("enrico corvisieri") e reeditou com o nome de "gisele donat soares".

Inclinaram-se ao mesmo tempo para verem uma dessas majestosas paisagens cobertas de neve, de geleiras, de sombras pardacentas que tingem as faldas de montanhas fantásticas; um desses belos quadros cheios de bruscas oposições entre os tons negros e vermelhos que o firmamento apresenta antes que o sol se esconda de vez.

balzac, a mulher de trinta anos, trad. josé maria machado
(atribuída a enrico corvisieri e, depois, a gisele donat soares, ed. nova cultural)

imagem: www.palpura.pt

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários anônimos, apócrifos e ofensivos não serão liberados.